Melhoria

Sanep inicia requalificação do reservatório do Laranjal

Desde 2018, o R15 passou a integrar um sistema inovador de tratamento e distribuição de água, corrigindo problemas históricos de abastecimento no veraneio

21 de Maio de 2020 - 18h01 Corrigir A + A -
Estrutura recebeu pintura completa, manutenção hidráulica e manutenção de bombas (Foto: Angelica Mengue - Sanep)

Estrutura recebeu pintura completa, manutenção hidráulica e manutenção de bombas (Foto: Angelica Mengue - Sanep)

Obras foram vistoriadas nesta semana pelas equipes diretiva e técnica da autarquia (Foto: Angelica Mengue - Sanep)

Obras foram vistoriadas nesta semana pelas equipes diretiva e técnica da autarquia (Foto: Angelica Mengue - Sanep)

O reservatório R15, responsável pela distribuição de água na praia do Laranjal, em Pelotas, está sendo requalificado pelo Sanep. Além da pintura completa de todo o reservatório, a autarquia também executa a manutenção hidráulica e a renovação das bombas do sistema de abastecimento. 

 Desde 2018, o R15 passou a integrar um sistema inovador de tratamento e distribuição de água, corrigindo problemas de abastecimento que, historicamente, ocorriam no Laranjal durante o veraneio. Devido ao alto consumo, que aumentava cerca de 30% nos meses de dezembro, janeiro e fevereiro, o sistema de distribuição não suportava a demanda, causando falta d’água nos horários de pico – entre 11h e 14h30min. Pensando nisso, o Sanep iniciou o projeto de estações móveis de tratamento, com duas estruturas conectadas ao R15, no cruzamento das avenidas Adolfo Fetter e José Maria da Fontoura. 

As ETAs móveis tratam 100 litros de água por segundo, com captação a partir do Arroio Pelotas. Para trazer a água até as estruturas, o Sanep instalou tubulações em uma área particular cedida. O trajeto é longo: sai do Arroio Pelotas, se desloca por 3 mil metros em canal aberto e 1,3 mil metros de rede enterrada pela avenida Adolfo Fetter, até chegar ao R15, onde há interligação nas estruturas dos contêineres. A filtração da água é feita por membranas de fibra oca.

Salinidade afeta temporariamente a iniciativa

No mês de abril, a autarquia interrompeu este sistema de abastecimento devido à salinidade que atinge o arroio Pelotas. Enquanto a situação não se normaliza, retomou o sistema antigo de distribuição de água, direcionando o fornecimento através do reservatório R8, localizado na rua Mário Peiruque.

Assim, se divide o sistema de distribuição entre o Areal e a praia do Laranjal. De acordo com o diretor-presidente do Sanep, Alexandre Garcia, o funcionamento das estruturas móveis será retomado assim que forem normalizadas as condições do arroio Pelotas – que recebe monitoramento constante das equipes do Departamento de Tratamento do Sanep.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados