Agricultura

Safra de uva apresenta queda de 18,2% em relação a 2019

A produção deste ano, embora em menor quantidade, tem melhor qualidade

28 de Outubro de 2020 - 15h53 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Queda na produção foi causada pelo excesso de chuva na floração e pela seca no enchimento da baga e na maturação (Foto: Divulgação - DP)

Queda na produção foi causada pelo excesso de chuva na floração e pela seca no enchimento da baga e na maturação (Foto: Divulgação - DP)

A safra de uva do Rio Grande do Sul neste ano teve uma queda de 18,2 % na produção geral, se comparada à de 2019. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (28) pela Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural (Seapdr). As causas foram o excesso de chuva na floração e a seca no enchimento da baga e na maturação.

A produção de uvas americanas ou híbridas teve uma redução de 20,3% em comparação à safra de 2019, sendo o maior decréscimo nas tintas (21,8%). As uvas viníferas apresentaram uma menor redução em comparação às americanas ou híbridas.

O grau glucométrico (° Babo) médio da safra 2020 ficou superior ao da safra 2019 em todas as uvas observadas, sendo 12% superior à média de 2019. O maior valor médio observado foi de 24,5° Babo para as uvas viníferas e de 19,8° Babo nas uvas americanas ou híbridas.

Segundo a chefe da Divisão de Inspeção de Produtos de Origem Vegetal da Seapdr, Fabíola Lopes, os dados do Sistema de Cadastro Vinícola do Estado do Rio Grande do Sul (Sisdevin) confirmam o que o produtor verificou a campo: "Uma safra menor em quantidade, porém, melhor em qualidade, que pode ser constatada pelo grau glucométrico apresentado pelas uvas nessa safra”.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados