Prevenção

Rodoviária ganha totem para venda de passagens

Opção para a aquisição de bilhetes tem como princípios a agilidade e o distanciamento social exigidos neste período de pandemia

26 de Maio de 2020 - 17h15 Corrigir A + A -
Equipamento e torre de álcool em gel estão disponíveis no Terminal Rodoviário (Foto: Divulgação - DP)

Equipamento e torre de álcool em gel estão disponíveis no Terminal Rodoviário (Foto: Divulgação - DP)

Começa a funcionar, a partir desta terça-feira (26), um totem para venda de passagens através do cartão de crédito ou débito, na Estação Rodoviária de Pelotas. Adquirido no inicio deste ano, o equipamento de autoatendimento possibilita agilidade na compra dos bilhetes e, ao mesmo tempo, o distanciamento social tão necessário atualmente. A tecnologia vai evitar a formação de filas junto aos guichês, adianta o diretor-presidente da Empresa Municipal do Terminal Rodoviário de Pelotas (Eterpel), Cláudio Montanelli.

O totem foi instalado no andar térreo, próximo aos caixas de comercialização, para permitir a aquisição de passagens das empresas São João, Embaixador e Planalto. Ao acessar o equipamento, o usuário terá acesso a informações, como a companhia que vai realizar a viagem, o dia, os horários, os preços, os e assentos ainda disponíveis nos coletivos. Esses dados são necessários à compra e impressão do bilhete.

A Eterpel também providenciou a colocação, ao lado, de duas torres de álcool em gel – disponível aos usuários –, acionadas com o pé, evitando, assim, o uso das mãos e proporcionando a correta higienização. A Expresso Embaixador cedeu os aparelhos destinados à assepsia.

Reabertura das lojas

Outra novidade é a reabertura das lojas de vestuário localizadas no primeiro andar. Reunião realizada nessa segunda-feira definiu as novas regras de funcionamento dos estabelecimentos comerciais, de acordo com o decreto da prefeitura. A decisão leva em conta a segurança dos lojistas e dos compradores em relação à pandemia, causada pelo novo coronavírus, e a necessidade do distanciamento social.

A utilização de álcool em gel e de máscaras, bem como a limitação de pessoas dentro dos pontos de venda, são normas que devem ser adotadas e foram abordadas durante a audiência de trabalho. A definição da abertura ficou por conta dos proprietários dos negócios, após as adaptações às medidas protetivas, mas deve ocorrer ainda nesta semana, segundo Montanelli.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados