Boletim da Zona Sul

Rio Grande: Prefeito convoca reunião com força tarefa para definir ações diante das chuvas

Na oportunidade, foi realizado um balanço da situação do município diante do volume de chuvas. Entre 7 e 12 de setembro foram 149mm, mais do que o dobro da média mensal do período, que era de 75mm.

13 de Setembro de 2019 - 18h30 Corrigir A + A -

Na manhã dessa quinta-feira (12), o prefeito Alexandre Lindenmeyer convocou reunião com a força tarefa que está acompanhando a situação do município depois do grande volume de chuva que atingiu a região nos últimos dias. Estiveram presentes o vice-prefeito e Coordenador da Defesa Civil de Rio Grande, Paulo Renato Mattos Gomes, junto de equipe da defesa civil, o Secretário do Cassino, Miguel Satt, o Secretário de Infraestrutura, Luiz Francisco Spotorno, e o Chefe de Gabinete do prefeito, Paulo Rodrigues. Os gestores definiram as regiões prioritárias para a atuação visando amenizar os transtornos causados pelo mau tempo.

Na oportunidade, foi realizado um balanço da situação do município diante do volume de chuvas. Entre 7 e 12 de setembro foram 149mm, mais do que o dobro da média mensal do período, que era de 75mm.  Em comparação com anos anteriores, no ano de 2018 foram 60mm de chuva em setembro, durante o mês todo. Em setembro de 2017, o registrado foi 14mm.

Segundo o secretário-executivo da Defesa Civil,  Anderson Montiel, considerando que Rio Grande é uma cidade plana, a geografia não permite um escoamento de toda a água de forma célere.  Montiel  afirmou que, nesse sentido, a defesa civil analisa se o escoamento está ocorrendo de forma natural e que as equipes já definiram os pontos onde a situação está mais delicada.

As equipes da Defesa Civil e as secretarias de município das áreas operacionais estão atuando nas áreas atingidas e utilizando maquinário para o trabalho nas ruas, visando auxiliar o escoamento e desobstrução de locais onde existe acúmulo de lixo. Em várias regiões da cidade o lixo descartado incorretamente em vias públicas tem bloqueado bueiros e bocas de lobo, impedindo a vazão da água e  favorecendo a ocorrência alagamentos.

A prefeitura também ressalta que, nos últimos anos, em diversos pontos do município foram realizadas intervenções de macrodrenagem, visando combater problemas históricos de alagamentos que eram registrados com frequência e que atingiam os moradores dessas regiões. Nestes locais, não há registros de alagamentos. Destaca, também, que segue trabalhando em diversas regiões, com ações semelhantes em andamento.

Entre sexta-feira e domingo, a previsão é de tempo firme, inclusive com presença sol. O período será de trabalho intenso na área urbana e no interior do município, com especial atenção as áreas consideradas em situação mais crítica, com o objetivo de contribuir para o escoamento da água acumulada e na desobstrução de bueiros com entupimento. A ação é vista como de fundamental importância para combater o acúmulo de água, já que na segunda-feira a chuva deve retornar, com previsão de 35mm. As equipes da prefeitura estarão atuando também durante o final de semana. O monitoramento está sendo feito em todos os bairros do município, inclusive à noite. Para qualquer emergência, a Defesa Civil atende pelo telefone 199, durante 24 horas. A ligação é gratuita. Ou ainda pelos fones (53) 32338460 ou (53) 991356312.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados