Melhoria

Restauração do Sete de Abril está 38,6% concluída

Iniciada em setembro de 2019, intervenção no prédio histórico parou durante 22 dias, por conta da pandemia

14 de Agosto de 2020 - 23h04 Corrigir A + A -
Pintura à base de cal na fachada é uma das ações da etapa de restauração do prédio (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

Pintura à base de cal na fachada é uma das ações da etapa de restauração do prédio (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

As obras de restauração do Theatro Sete de Abril, iniciadas em 23 de setembro de 2019, prosseguem, com 38,66% de execução até o momento. A chamada Etapa 2, primeira fase do restauro do prédio, está em andamento, com R$ 2.352.668,30 investidos do total do valor destinado, de R$ 6.083.997,75, para essa parte da intervenção.

Os recursos são oriundos do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) Cidades Históricas/Iphan, do governo federal. O trabalho é realizado pela Construtora Biapó Ltda, com fiscalização da Secretaria de Cultura (Secult).

Quem passa em frente ao Sete, no Centro Histórico de Pelotas, pode perceber a mudança do visual da fachada, com a pintura à base de cal, recomendada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Entre a parte externa e a interna, já terminaram os serviços de Arqueologia no pátio, escavação, construção de Caixa Cênica em estrutura metálica, parede em gesso acartonado, pintura interna e em forros. 

Detalhes do restauro

Para os banheiros ocorreu a instalação de cuba de sobrepor, lavatório em louça e bancada de granito com saia. Foram instaladas tubulação para sonorização, malha de cobertura e barras de descida para SPDA, estrutura metálica destinada à cobertura de vidro aramado, guarda-corpos de madeira com corrimão no mesmo material para o anexo administrativo, rodapé em argamassa e janelas.

A obra teve início no dia 23 de setembro de 2019 e parou entre 24 de março e 15 de abril, por conta das exigências de distanciamento social adotadas, com o avanço do novo coronavírus no município. A pausa, no entanto, não deve alterar significativamente a previsão de término.

A segunda fase do restauro, a Etapa 3, deverá ser licitada, e está em fase de atualização de orçamentos. Nela, serão colocados equipamentos e mobiliário do teatro, como poltronas, cortina, iluminação, climatização e sistema de som.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados