Educação

Reaplicação do Enem tem baixa adesão

Para fazer essa etapa do exame, os interessados tiveram que solicitar através da página do participante

23 de Fevereiro de 2021 - 18h36 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

(Foto: Marcello Casal Jr.) (Foto: Divulgação - DP)

(Foto: Marcello Casal Jr.) (Foto: Divulgação - DP)

Começou nesta terça-feira (23), a reaplicação das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Essa segunda oportunidade é para os candidatos que apresentaram sintomas de Covid-19, possuem alguma doença infectocontagiosa ou que não puderam realizar o exame por excesso de participantes em sala. Para justificar a ausência, foi necessário anexar na página do participante um atestado médico comprovando o impedimento.

Em Pelotas, seis locais entre escolas e universidades foram preparados para receber os candidatos, porém nem todos compareceram. No Campus II da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), um dos pontos da reaplicação, 13 salas estavam preparadas, mas desde a abertura dos portões às 11h30min até o fechamento às 13h, apenas dois candidatos apareceram.

Um dos participantes que foi até o Campus, é Richel Amaral, 30 anos, que está fazendo o Enem para ingressar no curso de Gastronomia. Ele não conseguiu fazer a prova em janeiro por excesso de participantes em sala de aula e aprovou a iniciativa da reaplicação. "Gostei da ideia porque deu oportunidade para todos, não só pra mim. Tive uma nova oportunidade" afirmou.

A aplicação também foi realizada no presídio e no Centro de Atendimento Sócio Educativo (Case). No Presídio Regional de Pelotas, dos 12 inscritos, sete fizeram a prova. Dois acabaram desistindo e três não estavam no presídio pois estão em liberdade ou monitoramento. Já no Case, um adolescente que se inscreveu, realizou o exame. Em todo o estado, 941 presos fizeram a prova neste primeiro dia.

Como funciona

As regras da reaplicação são as mesmas do Enem regular. Na reaplicação desta terça, os participantes fizeram as provas de Redação, Linguagens e Ciências Humanas. Nesta quarta-feira, as questões são de Matemática e Ciências da Natureza. O tempo para realização da prova é de 5 horas e 30 minutos. Nesta fase, são aplicadas somente as provas na versão impressa.

Tanto para as provas impressas, versão digital e da reaplicação, os resultados finais serão divulgados no dia 29 de março. Com as notas do Enem, os candidatos poderão ingressar no ensino superior público e privado, através de programas como o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Programa Universidade para Todos (ProUni) e o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Sisu

A Universidade Federal de Pelotas (UFPel) também publicou o edital da primeira edição do Sisu 2021. O programa é a oportunidade dos estudantes entrarem em uma faculdade pública de ensino superior. Estão sendo ofertadas 2.613 vagas divididas em 78 cursos da instituição, para iniciar já no primeiro semestre desse ano de forma remota.


O edital completo com os cursos oferecidos e a documentação necessária, está disponível no site da UFPEL: portal.ufpel.edu.br/


Confira o cronograma:

Inscrições: 6 a 9 de abril;
Resultado da Chamada regular: 13 de abril;
Matrícula dos candidatos selecionados na chamada regular: 14 a 19 de abril;
Manifestação de interesse em participar da lista de espera: 13 a 19 de abril;
Convocação dos candidatos da lista de espera: a partir de 23 de abril.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados