Estradas

Reajuste do pedágio cai à meia-noite desta terça

Decisão cautelar após ação de deputados gaúchos suspende aumento das praças do Polo Pelotas, que devem retomar os valores anteriores

10 de Agosto de 2020 - 19h36 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Tarifa para veículos de passeio volta a R$ 12,30 (Foto: Jô Folha - DP)

Tarifa para veículos de passeio volta a R$ 12,30 (Foto: Jô Folha - DP)

A tarifa dos pedágios do Polo Pelotas diminuem a partir da meia-noite desta terça-feira (11). A baixa no valor ocorre por decisão do Tribunal de Contas da União (TCU), que na última semana determinou a suspensão do reajuste proposto pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

A decisão cautelar foi do ministro Raimundo Carreiro, após ação dos deputados federais Daniel Trzeciak (PSDB) e Marcel van Hattem (Novo), também assinada pelo deputado estadual Fábio Branco (MDB). Em julho a ANTT havia autorizado a Ecosul a aumentar a tarifa nas praças de pedágio da Zona Sul. Contudo, a cautelar determina a notificação da agência para que o valor retorne ao anterior enquanto não é julgado mérito de ação sobre auditoria que apontou preço abusivo.

O aumento entrou em vigor no dia 11 de julho e apontava R$ 0,10 a mais para carros de passeio e até R$ 0,60 para veículos comerciais. Os motoristas que trafegam pelas BRs 116 e 392 devem ficar atentos aos novos valores, praticados nas praças: Retiro, Cristal e Pavão, do trecho Camaquã - Jaguarão na BR-116; e nas praças Capão Seco e Glória, no trecho Rio Grande - Santana da Boa Vista.

"É uma conquista importante com resultado rápido. Sei que a redução de dez centavos na tarifa básica pode não significar muito no bolso do contribuinte, mas é sinal de que a nossa luta está no caminho certo. Precisamos seguir mobilizados para reduzir ainda mais a tarifa do pedágio na Zona Sul. Só assim vamos tornar a nossa região competitiva e poder atrair empregos pra cá”, disse o deputado Daniel Trzeciak.

Novos velhos valores

Para os carros de passeio, como automóvel, caminhonete e furgão, o valor volta a R$ 12,30. Para os caminhões com reboque e caminhões-trator com semi-reboque, a tarifa é de R$ 24,70. Confira as categorias e para quanto retorna a cobrança:

Tipo de Veículo                                          Antes               Novo valor

Automóvel, caminhonete e furgão              R$ 12,40          R$ 12,30

Veículo comercial (2 eixos)                        R$ 24,90          R$ 24,70

Veículo comercial (3 eixos)                        R$ 37,30          R$ 37,00

Veículo comercial (4 eixos)                        R$ 49,70          R$ 49,30

Veículo comercial (5 eixos)                        R$ 62,60          R$ 61,70

Veículo comercial (6 eixos)                        R$ 74,60          R$  74,00

Veículo de passeio c/ reboque (3 eixos)      R$ 18,60         R$  18,50

Veículo de passeio c/ reboque (4 eixos)      R$ 24,90         R$ 24,70


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados