Pandemia

Quinta vítima da Covid-19 morre em Pelotas

Idoso de 87 anos não resistiu após quatro dias internado em UTI do Hospital Escola da UFPel

04 de Julho de 2020 - 21h37 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Mais uma pessoa não resistiu aos efeitos do coronavírus e morreu em Pelotas. Desta vez, a vítima foi um homem de 87 anos que estava internado há quatro dias no Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas.

Conforme o comunicado da prefeitura, o idoso teve a morte confirmada no final da tarde deste sábado (4). A identidade não foi divulgada. Ele se torna a 17ª pessoa a perder a vida por conta do coronavírus na Zona Sul do Estado. Em Pelotas já são cinco mortes, todas registradas nas últimas duas semanas.

O agravamento do quadro região, com vítimas fatais e aumento acelerado do número de internações e diagnósticos positivos fez com que o governo do Estado alterasse a cor da bandeira da região no Distanciamento Controlado. Pela primeira vez, desde que o sistema passou a ser adotado, Pelotas e região foram incluídas na cor vermelha, com alto risco para a doença.

A situação torna-se ainda mais preocupante diante da ocupação de leitos de UTI e da escassez de medicamentos usados para tratamento de pacientes que precisam de cuidados intensivos. Na sexta (3) a Secretaria Estadual da Saúde (SES) reconheceu a dificuldade em obter itens do chamado "kit entubação", composto por sedativos e relaxantes musculares essenciais para a cuidados de internados em estado grave.

Na região, os prefeitos de Pelotas e Rio Grande, cidades referências para o acolhimento a pacientes, confirmam que os estoques de medicamentos estão em falta. Segundo Alexandre Lindenmeyer (PT), um helicóptero tem sido mantido de prontidão no município para buscar os produtos caso sejam encontrados fornecedores. Já Paula Mascarenhas (PSDB), em reunião com representantes da região, afirmou que o tema é alvo de preocupação, já que o avanço da doença somado à iminente lotação de leitos em Rio Grande pode provocar pressão sobre o sistema de saúde em Pelotas.

No momento, os hospitais pelotenses contam com 17 pessoas internadas. Em Rio Grande, o boletim aponta 35 internações, sendo que duas casas de saúde estão lotadas.

Propriedade intelectual do Jornal Diário Popular

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados