Compromisso

Professor da UFPel assume a Fapergs

Odir Dellagostin será o primeiro pesquisador do interior do Estado a assumir o cargo de diretor-presidente da Fundação

17 de Setembro de 2016 - 13h00 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Nome do professor teve o apoio das instituições (Foto: Divulgação)

Nome do professor teve o apoio das instituições (Foto: Divulgação)

O professor e pesquisador da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Odir Dellagostin, da área de Biotecnologia, é o novo diretor-presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio Grande do Sul (Fapergs). É a primeira vez que o cargo é ocupado por um pesquisador vinculado a uma instituição do interior do Estado. A nomeação foi publicada no Diário Oficial do Estado da última quarta-feira.

Entre suas prioridades e primeiras medidas, o pesquisador destaca o fortalecimento da Fapergs, a visibilidade das ações da Fundação perante a comunidade, o trabalho para que a comunidade perceba a importância do investimento em pesquisa científica e a desburocratização do órgão.

“A situação financeira do Estado não está boa. Penso que em situações como essa é possível fazer a diferença. Não tenho ainda a receita para resolver todos os problemas, mas tenho muita vontade de trabalhar para buscar as soluções. Creio que as experiências que tive como membro de comitê assessor do CNPq, e estou tendo como membro do Conselho Técnico Científico da Capes, ajudarão neste trabalho”, diz o novo presidente.

Indicação
A escolha do professor foi resultado de indicações de diversas instituições de pesquisa do Estado, como a UFSM, a Unisinos, a UFCSPA, a Furg, a Uergs, a UFRGS, a Fepagro e o Cientec, além da UFPel e de outras. Houve uma grande mobilização no Estado, liderada pelo Fórum de Pró-Reitores de Pesquisa e Pós-Graduação (Foprop) e com forte atuação da UFPel, para a nomeação. As instituições encaminharam suas indicações no início de julho e garantiram que o Conselho Superior da Fundação definisse o nome do professor, já no fim daquele mês, como o primeiro da lista tríplice enviada ao governador José Ivo Sartori (PMDB), relata o pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação da UFPel, Luciano Agostini. Para o reitor Mauro Del Pino, Dellagostin contribuirá muito para o desenvolvimento científico e tecnológico do Estado.

Quem é
Odir Dellagostin é professor titular na UFPel desde 1997.

Sua área de atuação é Biotecnologia e Biologia Molecular.

Publicou até o momento 170 artigos científicos, 55 dos quais no último triênio.

Possui 21 pedidos de patentes depositados.

Atualmente ele é pesquisador 1A do CNPq em função das suas relevantes contribuições à sua área de atuação.

Na UFPel, foi coordenador do Centro de Biotecnologia, do Programa de Pós-Graduação em Biotecnologia, pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação e é o atual diretor do Centro de Desenvolvimento Tecnológico da UFPel.

Na Fapergs, atuou como membro e foi coordenador do CA de Ciências Biológicas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados