Agronegócio

Primeiro dia da Expoarroz Tech é de bom público

Decreto que põe a farinha de arroz na merenda escolar pelotense foi assinado na abertura do evento

14 de Maio de 2019 - 21h30 Corrigir A + A -
Tecnologia chinesa está sendo vendida no evento, e trouxe diretor do país oriental para prestigiar o evento (Foto: Paulo Rossi - DP)

Tecnologia chinesa está sendo vendida no evento, e trouxe diretor do país oriental para prestigiar o evento (Foto: Paulo Rossi - DP)

Palestras silenciosas levaram as palavras dos palestrantes direto aos fones de quem lá esteve (Foto: Paulo Rossi - DP)

Palestras silenciosas levaram as palavras dos palestrantes direto aos fones de quem lá esteve (Foto: Paulo Rossi - DP)

Unindo a realidade de uma região de grande produção arrozeira e as inovações tecnológicas que surgem incessantemente, a Expoarroz Tech 2019 foi aberta nesta terça-feira (14). Já com grande presença do público no seu primeiro dia, até mesmo visitantes do exterior compareceram. O evento, que vai até quinta, possui mais de uma centena de estandes sobre tecnologia, agronegócios e comércio em geral.

No primeiro dia, o ato de abertura contou com a presença de diversas autoridades ligadas à cadeia arrozeira e também lideranças políticas, como o secretário estadual da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural, Covatti Filho. Um dos pontos altos foi a assinatura do decreto municipal que torna a farinha de arroz parte da merenda escolar. A prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) esteve no local para a solenidade.

Ao longo do dia, palestras técnicas e painéis trouxeram novos olhares para a feira. Utilizando-se de tecnologia silenciosa, os palestrantes falavam e o conteúdo saía direto em fones de ouvido utilizados pelos expectadores. No início da tarde, o LabGrãos da Faculdade de Agronomia Eliseu Maciel (Faem) trouxe discussões sobre armazenagem. Depois, a Embrapa debateu sobre a identificação varietal na classificação do arroz beneficiado. Para um dos organizadores do evento, Guilherme Schuch, é esse tipo de inovação que faz o evento mostrar sua cara tecnológica. O dinamismo e as potencialidades de explorar várias faces da tecnologia ao mesmo tempo acabam encantando o público. O elo transversal da tecnologia une todos os setores da cadeia produtiva, desde o plantio até o prato. E é isso que o evento tenta demonstrar.

De olho nos negócios
De acordo com a organização, pessoas de diversos países confirmaram presença. O arrozeiro August Lilas veio do Suriname para explorar as possibilidades, junto com um grupo de outros produtores. Ele possui uma plantação de 30 mil hectares na região oeste do país, e vê potencial para dobrar a produção, fazendo até duas colheitas por ano. A procura por informações e tecnologias, e até parcerias comerciais, animaram o agricultor. "Mal esperamos para ver tudo", afirmou.

A oportunidade de fechar negócios também trouxe o gerente de vendas internacionais de uma fábrica chinesa a Pelotas. Chris Xie estava na exposição de uma selecionadora de arroz, com capacidade de processar dezenas de toneladas do grão por hora. "Este tipo de exposição fornece boas oportunidades", garante. Os empresários daqui também comemoram a possibilidade. Kelli de Nadai, coordenadora de marketing de um expositor, disse que esse tipo de evento traz ótimas expectativas de prospecção. Presentes desde a segunda edição da Expoarroz, ela diz que clientes nacionais e internacionais costumam fechar negócios a partir de contatos estabelecidos no evento.

Programação para esta quarta-feira
14h às 18h - 7º Rodada Internacional de Negócios do Arroz - Local: Vários pontos do Pavilhão da Indústria

14h às 16h - Painel: O Impacto dos custos logísticos na exportação do arroz gaúcho - Local: Auditório Principal, Palco I

15h às 16h - Palestra: Como aumentar sua produtividade através da embalagem? Tecnologia de resinas e desenho das estruturas de filmes diferenciadas para empacotamento automático - Local: Auditório Principal, Palco II

16h às 18h - Painel: Qualidade de Arroz - Local: Auditório Principal, Palco I

18h às 19h - Huawei Cloud - Tecnologia para uma agricultura inteligente - Local: Auditório Principal, Palco I

18 às 19h - Palestra: A evolução da seleção eletrônica na indústria arrozeira - Local: Auditório Principal, Palco II

19 às 20h - Palestra: Exportação de arroz e limites máximos de resíduos - Local: Auditório Principal, Palco I

Saiba mais:
A Expoarroz Tech ocorre até esta quinta, das 14h às 21h, no Centro de Eventos da Fenadoce (avenida Pinheiro Machado, 3.390 ou BR 116 - Distrito Industrial). O credenciamento ocorre o dia todo. A entrada é franca, e o estacionamento custa R$ 20,00.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados