Melhoria

Pontes de madeira da zona rural são substituídas

Intervenções abrangem a troca de todo o madeiramento; obras são realizadas neste mês

28 de Maio de 2020 - 23h18 Corrigir A + A -
Ponte do Loteamento Colina do Sol, na Cascata, recebe todo o madeiramento novo (Foto: Divulgação - SDR)

Ponte do Loteamento Colina do Sol, na Cascata, recebe todo o madeiramento novo (Foto: Divulgação - SDR)

A Secretaria de Desenvolvimento Rural (SDR) dotou estradas de dois distritos neste mês com pontes novas, em substituição a estruturas com madeiramento antigo. As melhorias foram executadas nas pontes Gratidão e do Andrade, no Quilombo (7º distrito), e do Loteamento Colina do Sol, na Cascata (5º distrito). Nesta quinta-feira (28), iniciaram-se as obras na ponte do Bedhum, no Triunfo (4º distrito), que também será toda renovada. Em maio, ainda foi reformada a da Barragem, na sede do município, com reforço dos pilares para evitar o balanço da estrutura.

A ponte do Bedhum, no Triunfo, receberá intervenções maiores do que simples reforma. As vigas, lastro e trilhos serão substituídos, resultando numa nova travessia. Após a conclusão das obras naquela localidade, o cronograma da SDR prevê ações nas pontes do Gruppelli, Quilombo, 7º distrito, e nas do Kurtz e do Corredor do Mielke, no Rincão da Cruz, 8º distrito.

“Uma das áreas prioritárias para a Secretaria é a da trafegabilidade, que inclui pontes em boas condições para passagem dos transportes de produção, escolar e de passageiros, além de veículos particulares. As cargas aumentaram nos últimos anos e demandam caminhões de maior porte, exigindo reforços efetivos nas pontes de madeira. O trabalho nas pontes é constante, permanente e importante”, salienta o secretário de Desenvolvimento Rural, Jair Seidel.

Situação atual

O interior do município conta, atualmente, com 300 pontes de madeira. No início da gestão, eram 350, mas 50 foram substituídas por bueiros de concreto, que eliminam ações permanentes de manutenção e oferecem mais segurança. “Sempre que é possível, optamos pela troca do madeiramento por tubos de concreto. São mais resistentes e duráveis”, observa Seidel.

Recentemente, a SDR concluiu três pontes de concreto, projetadas para substituir as de madeira. As novas estruturas foram viabilizadas com recursos do Ministério da Integração Nacional e somaram aproximadamente R$ 1,1 milhão. Trata-se das seguintes pontes: Túnel, no 8º distrito, Triunfo, com 20 metros de extensão; São João, na Santa Silvana, 6º distrito, com 25 metros; e dos Primos, no Triunfo, 4º distrito, com 30 metros. Todas estão liberadas para o tráfego.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados