Qualificação

Perspectivas a quem busca o mercado

Curso Liderança na Prática 16h ocorre nos dias 4 e 5 de maio, em Pelotas e em Rio Grande, com vagas limitadas

04 de Abril de 2019 - 10h30 Corrigir A + A -
Renata. Capacitação dos jovens é um dos focos do trabalho. (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Renata. Capacitação dos jovens é um dos focos do trabalho. (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Quais as perspectivas que o mercado de trabalho oferece após a graduação? Como farei para realizar meus sonhos e potencializar o que sou bom? Estas são questões que surgem diariamente na cabeça de jovens na reta final da faculdade ou logo após a conclusão dos cursos. E para ajudar a definir estas perspectivas, a Fundação Estudar, ONG sem fins lucrativos com apoio de grandes empresas do mercado nacional, organizará no próximo mês um evento em Pelotas.

O curso Liderança na Prática 16h ocorrerá nos dias 4 e 5 de maio, em Pelotas e Rio Grande, simultaneamente. Ele está incluído em um dos três braços da fundação, o Estudar na Prática. A iniciativa surgiu após a percepção, por parte da fundação, de que o jovem não saía completamente capacitado da academia para o mercado, e se preocupava bastante em estudar, mas esbarrava em dificuldades para encontrar oportunidades no exterior. Por isso, há também os projetos Liderança na Prática e o Estudar Fora, além do Estudar na Prática, que conta com diversos cursos.

O intensivo de 16 horas, dividido em dois módulos, é comumente aplicado em cidades do interior. “Ele é para qualquer pessoa que tenha um sonho grande”, defende Renata Padilha, representante da Fundação. Cada dia contará com diversos espaços de dinâmica, focado em incentivar a autoliderança e a decisão de assumir o protagonismo do próprio futuro. Através da definição de objetivos próprios, as atividades contam com interações e exercícios para tentar alcançar estas respostas.

O curso será aplicado por dois facilitadores ligados à fundação e dois convidados especiais. Uma das convidadas é Renata Louzada, do grupo Mulheres Empreendedoras do Sul. O público, no geral, é universitário. Mas não é exclusivamente voltado a eles. “Por mais que tenha esse enfoque no jovem, tem o público bastante adulto querendo dar um up na carreira”, explica Renata Padilha.

As atividades
O primeiro dia será focado na busca do próprio sonho. A ideia é identificar o que o participante faz bem e como se sente feliz, além de projetar onde se vê em determinados espaços de tempo. As dinâmicas em círculos ocorrem também para trocar ideias com os colegas sobre os objetivos. “Tu acabas tendo conhecimento com diversas áreas que te agregam depois”, explica.

Depois, as dinâmicas para trabalhar em equipe, resolver questões e aprender a aflorar seu protagonismo são estimuladas. Vídeos com temáticas inspiradoras também são exibidos. E é proposto um salto para alcançar o objetivo em um determinado espaço de tempo. O contato continua após o curso, através de grupos em redes sociais, onde o gestor mantém proximidade com os alunos e as conversas, trocas de dúvidas e experiências mantêm-se vivas. “São pessoas que já têm contatos de networking, de estratégias”, explica.

O curso
A taxa de inscrição é de R$ 180,00. Embora seja uma organização sem fins lucrativos, Renata explica que o valor é para arcar com os custos. Há também a procura por apoios e patrocínios de empresas e organizações pelotenses, para manter uma proximidade com a comunidade local e tentar gerar outros frutos. O contato para patrocínios pode ser feito pelo e-mail imjedire@gmail.com. As vagas são limitadas e as inscrições estão disponíveis no link Bit.ly/LID16PEL. O local ainda está sendo definido.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados