Pandemia

Pelotas terá forte fiscalização para cumprir o lockdown

Servidores de quatro Secretarias da prefeitura ganham reforço da Brigada Militar e da Policia Civil

08 de Agosto de 2020 - 08h50 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Forças policiais vão reforçar a fiscalização durante o período (Foto: Rodrigo Chagas - Ascom)

Forças policiais vão reforçar a fiscalização durante o período (Foto: Rodrigo Chagas - Ascom)

Uma força-tarefa tomará as ruas a partir da noite deste sábado (8) para fazer cumprir o lockdown, que se estende até o meio-dia de terça-feira. A medida tem um objetivo bem claro: barrar a disseminação da Covid-19, que sobrecarrega o sistema de saúde e alastra cada vez mais tristeza pela região. Nesta sexta, até as 19h, outras quatro mortes foram notificadas: três em Pelotas e uma em Pinheiro Machado. Um pouco mais tarde, Candiota confirmou o primeiro óbito. A Zona Sul também ultrapassou a barreira dos quatro mil infectados pelo novo coronavírus.

As ações de fiscalização serão divididas em quatro táticas: barreiras volantes nas principais vias da cidade, atendimento a denúncias, policiamento nos pontos críticos para aglomerações e abordagens de policiais a paisano - sem farda. O trabalho será desencadeado por servidores das Secretarias de Segurança Pública, Saúde, Transporte e Trânsito e Gestão da Cidade e Mobilidade, que ganharão o reforço de integrantes da Polícia Civil e da Brigada Militar (BM).

Os olhares estarão voltados tanto ao descumprimento de atividades econômicas - que insistirem em funcionar nas áreas do comércio, indústria e serviços - quanto à circulação de pedestres e de veículos. Detalhe: em caso de abordagem, os Guardas Municipais estão liberados a acompanhar o cidadão até o destino informado, para checagem de que a declaração é verdadeira. E não esqueça: só deverão estar nas ruas pessoas em situação de urgência e emergência ou profissionais em deslocamento, de setores como a saúde, por exemplo.

“Toda a estrutura de retaguarda do Batalhão estará nas ruas para garantir respeito ao lockdown, integrada às demais forças de segurança”, afirmou o comandante do 4º Batalhão de Polícia Militar 4° BPM), tenente-coronel Márcio André Facin.

Não esqueça!
- O transporte coletivo também estará suspenso das 20h deste sábado até as 12h de terça-feira.
- Visitas em Instituições de Longa Permanência para Idosos e em Comunidades Terapêuticas ficam proibidas durante o período do lockdown.
- Se você identificar situações de descumprimento, acione: Disk Denúncia da Brigada Militar, pelo (53) 3227-7171 e prefeitura de Pelotas, pelo WhatsPel (53) 99122-8701.

Mapa recoloca Pelotas na bandeira vermelha

A 14ª rodada do Distanciamento Controlado classificou Pelotas mais uma vez como área de risco alto para coronavírus. No mapa preliminar divulgado no começo da noite de sexta, a região foi uma das 12 em bandeira vermelha.

Segundo o comitê do Estado, o indicador de hospitalizações confirmadas para Covid-19 na região apresentou piora de 29% ao somar mais 14 pacientes. A quantidade de internações registradas nos últimos sete dias na região passou de 48 na semana anterior para 62 na atual.

Até a noite desta sexta-feira, a região atingia 4.080 casos confirmados da doença e 135 mortes registradas desde o começo da pandemia.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados