Pandemia

Pelotas registra quatro mortes por Covid-19

Vítimas são dois homens e duas mulheres com idades entre 65 e 83 anos; município registrou 310 novos casos da doença nesta sexta-feira

04 de Dezembro de 2020 - 17h25 Corrigir A + A -

A Vigilância Epidemiológica, da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), registrou, nesta sexta-feira (4), mais quatro óbitos pela Covid-19. Os registros são:

- homem de 83 anos internado em UTI da Beneficência Portuguesa desde o dia 24 de novembro;

- homem de 71 anos internado em UTI do Hospital-Escola (HE) da UFPel desde o dia 6 de outubro; 

- mulher de 65 anos internada em UTI do HE-UFPel desde o dia 27 de novembro; e,

- mulher de 77 anos internada em UTI da Beneficência Portuguesa desde o dia 23 de novembro.

Com esses registros, Pelotas passa a ter 189 mortes confirmadas pela doença.

Novos casos

A SMS ainda confirmou, também nesta sexta, mais 310 casos de coronavírus. Referem-se a 179 mulheres, com idades entre 3 e 95 anos, e a 131 homens, entre 6 meses e 94 anos.

Com esses casos, Pelotas chega a 9.993 pessoas infectadas pela doença. Dessas, 6.990 são consideradas recuperadas, 2.779 estão em isolamento e 35 internadas, além dos 189 casos confirmados.

A SMS aguarda os resultados de 1.245 exames que estão no Lacen/RS, na Unidade de Diagnóstico Molecular Covid-19 HE/UFPel e, também, em análise pelo programa Testar RS.

Hospitalizados

Até as 15h30min desta sexta-feira, 73 pacientes estavam internados em leitos exclusivos para o tratamento da Covid-19 em unidades de saúde do município. Seis são moradores em outras cidades. Do total, 18 ocupam vagas de UTI e 55 estão em leitos de Enfermaria. 

Dos 67 pacientes hospitalizados, residentes em Pelotas, 35 são positivos para a doença, 30 suspeitos e dois receberam resultado negativo para o vírus, mas ocupam leito Covid em razão de protocolo clínico. Desses casos, 17 encontram-se em UTI e 50 em Enfermaria.

Dos seis pacientes residentes em outras cidades, dois são positivos para Covid-19, três são suspeitos e um é negativo. Deles, um está em UTI e cinco em Enfermaria.

Altas hospitalares

Desde março, quando realizadas as primeiras internações de pessoas confirmadas ou suspeitas de infecção pelo vírus, foram contabilizadas 700 altas hospitalares.  


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados