Pandemia

Pelotas registra mais três mortes por coronavírus

As três vítimas são mulheres, sendo que duas eram mãe e filha

29 de Outubro de 2020 - 19h52 Corrigir A + A -
A SMS confirmou mais 79 casos de coronavírus, nesta quinta-feira. (Foto: Arquivo Agência Brasil)

A SMS confirmou mais 79 casos de coronavírus, nesta quinta-feira. (Foto: Arquivo Agência Brasil)

A Vigilância Epidemiológica, da Secretaria de Saúde (SMS), confirmou, nesta quinta-feira (29), mais três óbitos pela Covid-19. Com os registros, Pelotas chega a 156 mortes.

Os registros são de três mulheres, sendo que duas eram mãe e filha. Uma das vítimas tinha 64 anos e estva internada desde o dia 15 de outubro na UTI da Beneficência Portuguesa; outra de 29 anos, estava desde o dia 22 de outubro na UTI do mesmo hospital. A terceira, de 68 anos, estava internada na UTI do HE-UFPel desde 20 de outubro.

Novos casos

A SMS confirmou mais 79 casos de coronavírus, nesta quinta-feira, referentes a 48 mulheres, com idades entre2 e 89 anos, e a 31 homens, entre seis meses e 75 anos.

Com esses casos, Pelotas contabiliza 5.507 pessoas infectadas pelo vírus da Covid-19. Dessas, 4.762 são consideradas recuperadas, 575 estão em isolamento, 14 internadas, além dos 156 óbitos confirmados.

A SMS aguarda o resultado de 318 exames que estão no Lacen/RS, no Laboratório do Hospital-Escola da UFPel e, também, em análise pelo programa Testar RS.

Veja mais

+Boletim coronavírus nº 224 – 28/10/2020

Hospitalizados

Até as 12h30min desta quinta-feira, 28 pacientes estavam internados em leitos exclusivos para a Covid-19 em unidades de saúde locais. Sete são moradores em outros municípios. Do total, dez ocupam vagas de UTI e 18 estão em Enfermaria.

Dos 21 pacientes hospitalizados, residentes em Pelotas, 14 apresentaram resultado positivo para o coronavírus e sete são suspeitos. Desses casos, sete encontram-se em UTI e 14 em Enfermaria.

Dos sete pacientes residentes em outras cidades, seis tiveram resultados positivos e um é suspeito para Covid-19. Três encontram-se em UTI e quatro em Enfermaria.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados