Pandemia

Pelotas registra mais 70 casos de Covid-19

Contaminações desta sexta-feira são referentes a 38 mulheres e 32 homens, todos com idades entre 8 meses e 97 anos

30 de Outubro de 2020 - 19h46 Corrigir A + A -
Total de contaminações chegou a 5.577, mas 4.784 pacientes são considerados recuperados (Foto: Jô Folha - DP)

Total de contaminações chegou a 5.577, mas 4.784 pacientes são considerados recuperados (Foto: Jô Folha - DP)

A Vigilância Epidemiológica da SMS confirmou mais 70 casos de coronavírus, nesta sexta-feira (30), referentes a 38 mulheres, com idades entre 8 meses e 94 anos, e a 32 homens, entre 4 e 97 anos.

Com esses casos, Pelotas contabiliza 5.577 pessoas infectadas pelo vírus da Covid-19. Dessas, 4.784 são consideradas recuperadas, 621 estão em isolamento e 16 internadas. O município tem 156 óbitos confirmados. 

A SMS aguarda o resultado de 226 exames que estão no Lacen/RS, no Laboratório do Hospital-Escola da UFPel e, também, em análise pelo programa Testar RS.

Hospitalizados

Até as 13h desta sexta-feira, 26 pacientes estavam internados em leitos exclusivos para a Covid-19 em unidades de saúde locais. Seis são moradores em outros municípios. Do total, nove ocupam vagas de UTI e 17 estão em Enfermaria.

Dos 20 pacientes hospitalizados, residentes em Pelotas, 16 apresentaram resultado positivo, três são suspeitos e um testou negativo para a doença, mas ocupa leito Covid em razão de protocolo clínico. Desses casos, sete encontram-se em UTI e 13 em Enfermaria.

Dos seis pacientes residentes em outras cidades, cinco tiveram resultados positivos e um é negativo para Covid-19, mas está em leito Covid para cumprir protocolo clínico. Dois encontram-se em UTI e quatro em Enfermaria.

Altas hospitalares

Desde março, quando foram realizadas as primeiras internações de pacientes confirmados ou suspeitos de infecção pelo vírus, foram contabilizadas 443 altas hospitalares. 

As internações ocorreram nas unidades de saúde com leitos especializados para o tratamento da Covid-19: Hospital-Escola da UFPel, Beneficência Portuguesa e Centro de Atendimento a Síndromes Gripais (Centro Covid).

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados