Saúde

Pelotas recebe primeira edição do ano da Caravana AMRIGS

Câncer de mama e diagnóstico pré-natal serão tema de palestra na cidade

05 de Abril de 2019 - 15h46 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

 (Foto: Reprodução)

(Foto: Reprodução)

A primeira edição de 2019 da Caravana AMRIGS, que leva conhecimento a diversos municípios do interior do Rio Grande do Sul, acontece na cidade de Pelotas, nesta sexta-feira (5) de abril. A atividade inicia às 19h30min na Associação Médica de Pelotas (Rua Quinze de Novembro, 607). O tema "Ultrassonografia no Diagnóstico Pré-Natal para Redução da Mortalidade Perinatal" será abordado pelo médico André Campos da Cunha.
"Os exames são fundamentais para diagnóstico de uma série de doenças, malformações e problemas no desenvolvimento do feto",  explica.

André Campos da Cunha é graduado em Medicina pela Faculdade Federal de Ciências Médicas de Porto Alegre. Possui Residência Médica em Ginecologia e Obstetrícia no Hospital Materno Infantil Presidente Vargas de Poa/RS e é pós-graduado em Infertilidade Conjugal pela Fundação Universitária de Endocrinologia e Infertilidade  UFRGS. É especialista em Ultrassonografia em Ginecologia e diretor da ECOMOINHOS/POA, médico do Serviço de Obstetrícia de Alto Risco e Medicina Fetal do Hospital Materno Infantil Presidente Vargas (HMIPV) Porto Alegre/RS e ex-docente da cadeira de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Luterana do Brasil  ULBRA.

Já o tema "Câncer e a Reconstrução da Mama" será apresentado pelo médico José Luiz Pedrini. O especialista deve falar sobre as novidades e avanços no tratamento do câncer de mama e detalhar como funciona o diagnóstico e a conduta cirúrgica, principalmente nos casos de reconstrução mamária.
"A novidade é que a paciente não precisa ter o trauma da doença para que se consiga a cura. Pretendo mostrar as técnicas que estão sendo usadas com grandes resultados e pesquisa de novos medicamentos. As pesquisas com anticorpos têm servido para nos mostrar o entendimento melhor do câncer",  disse.

Atualmente são 60 mil novos casos no Brasil de câncer de mama, sendo 5.500 só no RS. O estado gaúcho tem uma das maiores incidência, por conta das características genéticas da sua população.A partir de 2020, provavelmente, o câncer será a principal causa de morte, pela primeira vez, superando as doenças cardiovasculares.

José Luiz Pedrini é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Pelotas (1973), Mestre em Patologia Geral e Experimental pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (2001), Doutor em Patologia Geral e Experimental pela Fundação Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (2009) e especialista em Medicina do Trabalho, Ginecologia e Mastologia. É médico do Hospital Nossa Senhora da Conceição e possui 21 publicações internacionais com mais de 3.500 citações em revistas indexadas.
Outras informações podem ser obtidas através do telefone (53) 3222.3522.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados