Distanciamento

Pelotas é classificada na bandeira vermelha

Com 27 leitos de UTI ocupados na cidade, prefeita Paula Mascarenhas anunciou que não irá recorrer da classificação

31 de Julho de 2020 - 20h05 Corrigir A + A -

31191858_1867867_GDO

Das 20 regiões do Distanciamento Controlado, 12 foram classificadas com risco epidemiológico alto (bandeira vermelha) e as outras oito com risco médio (laranja) no mapa preliminar da 13ª rodada, divulgado nesta sexta-feira (31). As bandeiras definitivas serão divulgadas na segunda-feira. A região de Pelotas mais uma vez foi classificada na bandeira vermelha. Desta vez, com 27 leitos de UTI ocupados na cidade, a prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) anunciou que não irá recorrer.

"Quero informar que, diante de uma ocupação de 90% dos leitos de UTI adulto, não vou recorrer da bandeira vermelha. Precisamos nos unir e pensar em formas de convencer a sociedade  de que precisa colaborar para aumentar o isolamento social, a fim de que possamos enfrentar essas restrições por menos tempo", enviou a prefeita Paula ao Comitê de Crise.

O governo do Estado decidiu incluir, já nesta rodada, ajustes na linha de corte em sete indicadores do modelo, o que impactou na média final de classificação das regiões.

Em reunião extraordinária do Gabinete de Crise convocada pelo governador Eduardo Leite, foram definidas mudanças na pontuação de três indicadores que medem a velocidade de avanço da doença, dois que monitoram a incidência (hospitalizações e óbitos) e mais dois de capacidade instalada (leitos livres/leitos Covid).

Além da de Pelotas, as regiões de Bagé, Santa Rosa e Santo Ângelo – que nesta semana estavam sob bandeira laranja por terem tido seus recursos acolhidos pelo Gabinete de Crise na última segunda, foram novamente classificadas preliminarmente com bandeira vermelha.

Lajeado, que estava há 11 rodadas seguidas na laranja, foi a região que registrou piora mais acentuada. Com aumento nos casos de hospitalização por Covid-19 e da ocupação das UTIs, completa a lista da classificação de alto risco.

As regiões que ficaram com bandeira laranja nesta 13ª rodada, juntamente com Capão da Canoa, são Cachoeira do Sul, Cruz Alta, Erechim, Ijuí, Santa Maria, Santa Cruz do Sul e Uruguaiana.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados