Pandemia

Pelotas confirma sexta morte por Covid-19

Vítima é um idoso de 67 anos que procurou a UPA Areal, com problemas respiratórios, e acabou morrendo no local na madrugada de domingo; resultado do exame deu positivo

07 de Julho de 2020 - 13h30 Corrigir A + A -

Por: Michele Ferreira
michele@diariopopular.com.br 

Idoso, que também era hipertenso e diabético, procurou a UPA Areal,  com problemas respiratórios, e acabou morrendo. (Foto: Ascom)

Idoso, que também era hipertenso e diabético, procurou a UPA Areal, com problemas respiratórios, e acabou morrendo. (Foto: Ascom)

Pelotas registrou mais uma morte causada pela Covid-19. A confirmação do sexto óbito ocorreu, no final da manhã desta terça-feira (7), pela equipe da Vigilância Epidemiológica. A vítima é um idoso, de 67 anos, que havia recorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Areal, na tarde de sábado, com problemas respiratórios. Na madrugada de domingo, acabou não resistindo. O resultado do exame, nesta terça, confirmou que o paciente estava infectado pelo novo coronavírus.

Com mais esta morte, agora são 22 moradores da região que perderam a batalha para a doença. O agravamento da pandemia na Zona Sul, nas últimas duas semanas, assusta. Em apenas 11 dias, 16 óbitos foram notificados. O número de casos confirmados também avança; até as 23h de segunda-feira (6) eram 923 infectados em 13 municípios da região. O total de pacientes internados em leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) também cresce e preocupa.

Neste contexto, Pelotas vive neste dia 7 de julho - em que celebra 208 anos de história - o primeiro dia de vigência do novo decreto municipal, com uma série de serviços proibidos novamente, para tentar barrar a disseminação da Covid-19. Entre as portas que devem permanecer cerradas, destaque ao comércio, ao Mercado Central, Pop Center e Shopping Pelotas.

Veja o impacto da pandemia

- 22 mortes na região:
- 10 em Rio Grande
- 6 em Pelotas
- 2 em Canguçu
- 2 em São José do Norte
- 1 em Piratini
- 1 em Santa Vitória do Palmar

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados