Reconhecimento

Pelotas alcança 12ª classificação estadual no Ranking de Competitividade

Município obteve a primeira posição nos indicador de destinação do lixo

25 de Novembro de 2021 - 23h15 Corrigir A + A -
A cidade de Pelotas (RS) subiu 15 posições no ranking nacional em comparação ao ano passado

A cidade de Pelotas (RS) subiu 15 posições no ranking nacional em comparação ao ano passado

Gove , plataforma de inteligência que aumenta a eficiência das finanças municipais em parceria com o Centro de Liderança Pública (CLP),, apresenta a 2ª edição do Ranking de Competitividade dos Municípios com o objetivo de mostrar como a competição no setor público é um elemento fundamental para desenvolvimento institucional, econômico e social dos municípios. A cidade de Pelotas (RS) subiu 15 posições no ranking nacional em comparação ao ano passado e ficou na 12ª colocação na classificação estadual.

De acordo com o cofundador da Gove, Rodolfo Fiori, o mapeamento permite que gestores públicos municipais e outros atores da sociedade civil identifiquem áreas de oportunidade de melhoria na competitividade dos municípios em que estão localizados. "É importante que os prefeitos tenham o diagnóstico como uma ferramenta de auxílio no entendimento e ação para avanço da competitividade local. Somente desta forma os gestores públicos municipais poderão criar melhores condições para o desenvolvimento e, consequentemente, a qualidade de vida das pessoas que ali residem", explica.

O estudo foi realizado em 411 municípios com população acima de 80 mil habitantes. Eles foram avaliados a partir de 65 indicadores, distribuídos em 13 pilares temáticos e 3 dimensões divididas entre Instituições, Sociedade e Economia. Os pilares são: Sustentabilidade Fiscal, Funcionamento da Máquina Pública, Acesso à Saúde, Qualidade da Saúde, Acesso à Educação, Qualidade da Educação, Segurança, Saneamento, Meio Ambiente, Inserção Econômica, Inovação e Dinamismo Econômico, Capital Humano e Telecomunicações.

Pelotas obteve a 1ª posição na classificação estadual nos indicadores de Custo da função administrativa e Destinação do lixo. O município também obteve, ainda na colocação estadual, a 3ª posição nos indicadores de Taxa bruta de matrícula - Ensino técnico e profissionalizante, Alunos em tempo integral - Ensino médio, Recursos para pesquisa e desenvolvimento científico e Qualificação dos trabalhadores em emprego formal. Além da 4ª posição em Transparência municipal e Desnutrição na infância. No pilar "Capital Humano", Pelotas conquistou a 9ª posição na colocação nacional e a 2ª posição na colocação estadual.

"Nesta segunda edição do Ranking os servidores terão à disposição um amplo mapeamento dos desafios, direcionando, de forma ainda mais precisa, metodologias para planejar, priorizar e executar políticas públicas sustentáveis, sobretudo com o novo recorte das nossas camadas ESG e ODS. Na outra ponta, além de atrair novas empresas, também é uma ferramenta para cidadãos avaliarem e cobrarem de forma eficiente o desempenho dos formuladores de políticas públicas", afirma Tadeu Barros, diretor geral do CLP.

"O estudo também é importante para que os cidadãos cobrem de forma assertiva e participativa os líderes das suas respectivas cidades, além de valorizar casos de sucesso e aplicar boas iniciativas de outras localidades", finaliza Fiori.

Para conferir todas as informações sobre as cidades avaliadas no Ranking de Competitividade dos Municípios, acesse este link .

Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados