Atração

Patrimônio em vários sentidos

Catedral Metropolitana de São Francisco de Paula realiza segunda Semana Cultural até o próximo domingo

18 de Novembro de 2019 - 08h45 Corrigir A + A -
O pároco da Catedral, padre Luiz Amarildo Boari, destaca que a primeira edição do evento teve como celebração o tombamento do prédio pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) (Foto: Jô Folha - DP)

O pároco da Catedral, padre Luiz Amarildo Boari, destaca que a primeira edição do evento teve como celebração o tombamento do prédio pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) (Foto: Jô Folha - DP)

Nesta segunda ocorrem a comemoração do aniversário de revitalização da praça José Bonifácio, a apresentação do restauro do quadro Visconde de Jaguarí. (Foto: Jô Folha - DP)

Nesta segunda ocorrem a comemoração do aniversário de revitalização da praça José Bonifácio, a apresentação do restauro do quadro Visconde de Jaguarí. (Foto: Jô Folha - DP)

Um espaço religioso, mas também artístico e histórico. Verdadeiro patrimônio de Pelotas, a Catedral Metropolitana de São Francisco de Paula inaugurou no domingo (17), com missa, a sua segunda Semana Cultural. A programação, que se estende até o dia 24, traz exposição, diálogos e ato chamando a comunidade a contribuir com restauros do prédio.

O pároco da Catedral, padre Luiz Amarildo Boari, destaca que a primeira edição do evento teve como celebração o tombamento do prédio pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) e na ocasião foi feita uma linha do tempo dos restauros realizados em vitrais, portas, sino e do entorno, por exemplo. Para 2019, o objetivo é fazer com que esse patrimônio seja de todos. "Quem vem de fora costuma dar muito valor, não apenas à beleza, mas ao trabalho que a comunidade faz junto a nós." Ele refere-se, por exemplo, à arrecadação de R$ 13 mil para a recuperação do forro.

E, sem ter a intenção de depender do humor do governo federal, a instituição novamente buscará os admiradores. Como parte integrante da 2ª Semana Cultural da Catedral, será lançado, hoje, o projeto Abrace a Catedral. O objetivo é que cada pessoa, física ou jurídica, adote o restauro de uma das colunas internas do prédio. Elas são formadas por concreto, mármore, escaiolas e estuque, e a recuperação de cada uma está orçada em R$ 7 mil. De acordo com o padre, estão contemplados no valor limpeza, preenchimento e restauro dos capitéis (extremidade superior).

Ainda nesta segunda ocorrem a comemoração do aniversário de revitalização da praça José Bonifácio, a apresentação do restauro do quadro Visconde de Jaguarí, a leitura da Carta à Catedral e a apresentação do coral Notas de Esperança.

Exposição
Inaugurada domingo, após a missa de abertura do evento, uma exposição ficará disponível no ambiente interno da Catedral. Ela é fruto do projeto de educação patrimonial da instituição, que faz parte da iniciativa Portas da História. Nele, participaram grupos como alunas do Instituto São Benedito e da E.E.E.M. Monsenhor Queiroz, que desenvolveram fotografias e desenhos expressando as diferentes visões da Catedral. Algo que, de acordo com a antropóloga Liza Bilhalva, uma das organizadoras, faz parte do sentido de patrimônio histórico. "As pessoas precisam se sentir pertencentes a esse espaço", comenta.

Segunda-feira (18)
10h - Solenidade de abertura com a presença de autoridades, imprensa e comunidade
- Lançamento do projeto Abrace a Catedral
- Comemoração do aniversário de revitalização da praça José Bonifácio
- Apresentação do restauro do quadro Visconde de Jaguari
- Leitura da Carta à Catedral
- Coral Notas de Esperança
- Abraço à Catedral

Terça-feira (19)
14h às 16h - Atividades de recreação com Vida Ativa - crianças que participaram das ações de Educação Patrimonial
17h - Diálogos na Catedral com o tema Tombamento, conduzido pelo secretário de Cultura Giorgio Ronna

Quarta-feira (20)
14h às 16h - Visitas guiadas gratuitas e exposição sobre o restauro do quadro de Visconde de Jaguari
17h - Diálogos na Catedral com o tema 120 anos de dom Antônio Zattera, conduzido pelos responsáveis pelo memorial da UCPel
19h - Tour Contos da Catedral" - visita guiada com custo de R$ 25,00* (mais informações e agendamento com Everton)

Quinta-feira (21)
14h às 16h - Visitas guiadas gratuitas e exposição sobre o restauro do quadro de Visconde de Jaguari.
17h - Diálogos na Catedral com o tema Conservação e restauro nas obras da Catedral, conduzido pelas professoras do curso de Conservação e Restauro da UFPel, Andréa Bachettini e Daniela Fonseca

Sexta-feira (22)
14h30min - Evento cultural de rua com praça de alimentação, Coletivo Autores de Pelotas com Eu leio Pelotas por aí, feira de artesanato, bate-papo e pocket show de Mano Rick - alunos da escola Monsenhor Queiroz
18h - Missa e Catedral iluminada
19h - Grupo de percussão Nosso Papo
19h30min - Coral Infantil do Conservatório de Música da UFPel
20h - Coral Feminino do Conservatório de Música da UFPel
20h30min - Cinema ao ar livre: filme Cachorro

Sábado (23)
9h às 12h - Mateada com erva-mate Barão, feira agroecológica e exposições

Domingo (24)
19h - Missa de encerramento


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados