Saúde animal

Para zelar pelos amigos de quatro patas

Semana de Proteção Animal terá programação extensa e diversificada até o domingo

05 de Dezembro de 2019 - 08h50 Corrigir A + A -
Compreender a posse responsável é o primeiro passo para adotar um animal (Foto: Divulgação - DP)

Compreender a posse responsável é o primeiro passo para adotar um animal (Foto: Divulgação - DP)

Henrique Fetter é o presidente do Comitê Municipal de Proteção Animal (Foto: Jô Folha - DP)

Henrique Fetter é o presidente do Comitê Municipal de Proteção Animal (Foto: Jô Folha - DP)

Pela segunda vez na história da cidade, Pelotas está vivendo a Semana de Proteção Animal. Os dias serão marcados por uma série de atividades, como palestras, exposição e blitze educativas. Além disso, a Semana irá tratar de temas como posse responsável, combate ao abandono e adoção. As ações se iniciaram na última segunda-feira e seguem até domingo.

O presidente do Comitê Municipal de Proteção Animal (Comupa), Henrique Fetter, classifica a iniciativa como extremamente importante, principalmente pelos assuntos que são tratados na ocasião. "E estamos com bastante sucesso e parceiros nesta edição", completa. A principal temática que norteia a Semana é a posse responsável, que segundo Fetter ainda é um assunto não compreendido por muitos.

De acordo com ele, entender o que é a posse responsável é o primeiro passo para quem deseja adotar um animal de estimação. Trata-se de ter responsabilidades mínimas com o novo amigo, como por exemplo manter em dia vacinas e medicações. "Não é simplesmente pegar o animal e jogar no fundo de um pátio", afirma. Outro ponto destacado é o incentivo à adoção, e entender que se os animais estão na rua é porque foram abandonados.

Até o momento, a Semana de Proteção Animal já levou para a comunidade apresentação de fantoches e teatro nas escolas, e uma ação itinerante fiscalizando maus-tratos. Nesta quinta-feira (5), a partir das 14h, haverá uma blitz educativa na rótula da Baronesa. Ainda estão na programação palestras para protetores e para alunos do curso de Veterinária da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), e uma cãominhada e um desfile marcarão o encerramento. A comunidade também pode conferir a exposição fotográfica Adotar é legal - Todo cão merece um lar, no Mercado Central.

A boa notícia que chegou junto com a Semana foi sobre o comprometimento do Poder Público em seguir com as castrações para 2020. O contrato com a Organização Não Governamental (ONG) SOS Animais para realizar o procedimento em cães e gatos foi renovado. Atualmente, 200 castrações são realizadas mensalmente; para o ano que vem dependerá da captação de recursos.

O pedido que fica, não só para esta semana, mas para todo o ano, é que a comunidade se sinta convidada para visitar o canil municipal e adotar algum bichinho. Os interessados podem agendar uma visita através do (53) 3271-0006, de segunda a sexta, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h. Nos sábados das 10h às 16h.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados