Saúde

Para zelar pela saúde mental

Evento alusivo ao janeiro branco visa promover a saúde mental; a ação é gratuita e aberta à comunidade

28 de Janeiro de 2020 - 21h03 Corrigir A + A -

Conscientizar e promover a saúde mental. Foi pensando nisso que a Natural Connetion organizou o Janeiro Branco - Ações em Saúde Mental. Toda comunidade está convidada a comparecer no evento que ocorre nesta quarta-feira (29), das 14h às 20h, na sede do Coletivvo Om, localizada na rua Anchieta 1.362-A. A ação é gratuita.

Para uma das organizadoras, a psicóloga Viviane Casser, ainda se vive uma cultura que cultiva o preconceito com a temática da saúde mental. No entanto, a sociedade está imersa em uma realidade em que o número de pessoas com depressão e ansiedade patológica é cada vez maior. "Todos fecham os olhos, mas nós da saúde mental não podemos fazer isso", completa. Ela salienta que a depressão e ansiedade são apenas dois problemas que acometem a população, sendo que na verdade uma infinidade de assuntos ainda precisam ser tratados.

Saúde mental na criança e no adolescente, dançaterapia e saúde mental e meditação serão algumas das temáticas abordadas na oportunidade. Tudo isso será tratado através de palestras, vivências e rodas de conversa. A ideia das organizadoras, a terapeuta Michele Camargo e Viviane, é que isso motive os participantes a olharem para si e que, acima de tudo, enxerguem a importância que a saúde mental carrega. A dupla garante que esta primeira ação será apenas uma pequena amostra do que ainda está por vir. "Faremos um evento mensal a partir de fevereiro até janeiro do próximo ano", garantiem. Para encerrar esse ciclo de um ano de atividades mensais, está previsto uma grande ação na praça Coronel Pedro Osório. Desse modo, um número maior de participantes será atingido e o evento terá maior visibilidade.

A organização do evento foi da Natural Connection e conta com a colaboração da Amora Terapia produtos naturais, Nácion Pachamana, Gabriela Ferreira Dançaterapeuta, as psicólogas Marina Machado e Michele Machado e a enfermeira Esmeralda Dedalos.

A data
O Janeiro Branco foi criado por psicólogos de Uberlândia, Minas Gerais, em 2014. O primeiro mês do ano foi pensado estrategicamente para que seja o pontapé inicial para fortalecer esses cuidados, através de esclarecimentos e conscientização da promoção de bem estar físico, social e mental e prevenção às doenças mentais.

Em 2016 a campanha começou a ter uma visibilidade maior por causa das redes sociais e também contou com mais profissionais que propagaram a ideia em outros estados do país. A iniciativa convida todos a pensar em formas, estratégias, temas e ações que sejam capazes de inspirar e estimular pessoas e instituições a refletirem sobre saúde mental e suas várias abordagens.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados