Pet_DP

Para enfrentar o inverno

Estudante confecciona agasalhos para proteger do frio os cães de rua

20 de Junho de 2016 - 09h54 Corrigir A + A -
Vários animais já ganharam as roupas feitas por Bruna (Foto: Paulo Rossi/DP)

Vários animais já ganharam as roupas feitas por Bruna (Foto: Paulo Rossi/DP)

Pelotas tem amanhecido diferente. Cachorros de rua pela cidade começaram a ganhar roupas para enfrentar o inverno, em uma iniciativa criada pela estudante de Administração Bruna Costa da Silva, 26, que rapidamente se espalhou por vários pontos, como a Catedral Metropolitana, a praça Coronel Pedro Osório, o Mercado Central, a avenida Bento Gonçalves e a região do Porto.

No último dia 9, quando as temperaturas começaram a baixar, Bruna percebeu que alguma coisa precisava ser feita pelos animais abandonados. Natural de Lajeado, a estudante já realizava trabalhos com ONGs de auxílio animal em sua cidade natal e resolveu que, de alguma forma, precisava continuá-lo. Quando chegou a Pelotas ela se espantou com a quantidade de cachorros nas ruas, algo que não acontecia em sua cidade. Com o frio extremo, não conseguiu ficar parada. Saiu e comprou os primeiros metros de tecido para a confecção das roupas.

No final de semana a jovem compartilhou o pedido em dois grupos de compra e venda no Facebook, e os resultados foram imediatos. No sábado as primeiras doações de tecido e valores começaram a chegar, e no domingo 20 cães estavam vestidos - até o momento mais de 60 roupas já foram costuradas. Os agasalhos são confeccionados no apartamento da estudante e outras duas colegas se voluntariaram.

Como ajudar?

Restos de tecidos um metro de soft é suficiente para três roupas G-GG.

As pessoas podem se voluntariar a vestir os cães e se responsabilizar por retirar as roupas em caso de chuva.

Doações podem ser combinadas via Facebook, com a própria Bruna Costa da Silva, ou através do telefone (53) 8116-9669

pet_dp

 

15_pet


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados