Pandemia

Operação Saúde Para Todos 2 é realizada para coibir aglomerações

Segunda fase do projeto teve fiscalização do cumprimento de decretos municipais e blitz informativa sobre a Covid-19

31 de Maio de 2020 - 21h20 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Motoristas receberam orientação sobre os cuidados contra o novo coronavírus (Foto: Rodrigo Chagas - Ascom - Especial DP)

Motoristas receberam orientação sobre os cuidados contra o novo coronavírus (Foto: Rodrigo Chagas - Ascom - Especial DP)

Foi realizada neste domingo (31), a segunda fase da Operação Saúde Para Todos. A ação ocorreu em diversos pontos da cidade, reunindo órgãos de segurança e agentes de saúde. 

As ações visam parar o avanço da pandemia do novo coronavírus no município, principalmente em relação às aglomerações que ocorrem com mais frequência no final de semanal, em locais como a Praia do Laranjal e o Recanto de Portugal. “A operação é composta por três frentes: o comboio itinerante das forças policiais que fazem o patrulhamento pela cidade, a blitz na avenida Adolfo Fetter, onde é realizada entrega de panfletos, orientações e verificação de temperatura e o policiamento mais extensivo, com caráter de fiscalização, na orla da praia e nas margens do Arroio Pelotas”, explica o secretário municipal de Segurança Pública, Samuel Ongaratto

Quem passou pela via que liga a região central da cidade com o Laranjal, foi abordado e orientado pela Defesa Civil e técnicos em enfermagem quanto aos riscos da doença, que já contaminou, até o momento, 90 pessoas na cidade. Foi o caso do estudante de Direito Bruno Bermudas, que entendeu a importância da ação para diminuir a propagação do vírus. “Temos que ter fiscalizações, principalmente da Saúde, para conscientizar aqueles que estão na rua para que não saiam sem necessidade e nem façam aglomerações”, afirmou Bermudas. 

Segundo o guarda municipal Bruno Mendes, que participou das abordagens realizadas no Pontal da Barra e no Laranjal, logo no início da operação, cerca de 40 carros foram abordados. “A população está bem receptiva, eles entendem o decreto, só acabam, às vezes, querendo sair de casa um pouco, mas entendem que precisam voltar para casa para sua própria segurança e também a do próximo”, destaca Mendes. 

Conforme o sargento da Brigada Militar Paulo Montiel, o fluxo de veículos foi bastante intenso durante a blitz na avenida Adolfo Fetter e muitos motoristas foram parados para receber a orientação de retornar para casa e evitar aglomerações. A ação teve a fiscalização dos agentes de trânsito da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMT), que orientaram o fluxo de veículos para passar pela barreira e colaboração do Corpo de Bombeiros. De acordo com o agente do setor de Educação para o Trânsito, Cleo Cardozo, além da operação, os agentes estão realizando rondas 24h, todos os dias, para fiscalizar aglomerações de carros em pontos estratégicos de Pelotas.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados