Vacinação

Odontologia UFPel contribui com imunização de grupos prioritários da Covid-19

Profissionais estiveram envolvidos também em produção de voluntária de EPIs e esclarecimento de dúvidas à população

06 de Maio de 2021 - 12h23 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Profissionais estão engajados no sistema de vacinação (foto: Maria Beatriz Junqueira) (Foto: Divulgação - DP)

Profissionais estão engajados no sistema de vacinação (foto: Maria Beatriz Junqueira) (Foto: Divulgação - DP)

Mais de 50 cirurgiões-dentistas e auxiliares em Saúde Bucal de Pelotas contribuem, desde o início do Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, com a organização, cadastramento e aplicação da vacina contra a Covid-19 dos grupos prioritários. No último ano, os profissionais de Odontologia estiveram envolvidos em diversas ações no enfrentamento à pandemia para além do atendimento odontológico, o que inclui: produção voluntária de EPIs; esclarecimento de dúvidas à população; ações sociais para arrecadação de alimentos; e como voluntariado em fase de teste dos imunizantes.

Entre os envolvidos no trabalho das “Ilhas de vacinação”, o cirurgião-dentista Evandro Piva (diretor da Faculdade de Odontologia da Universidade Federal de Pelotas – UFPel), explica: “O momento se assemelha a tempos de guerra no cuidado com a vida, por isso toda ajuda é bem-vinda, considerando que as equipes estão notadamente sobrecarregadas e nós, profissionais da Odontologia, temos a oportunidade de fazer a diferença na composição das equipes de vacinação, além de auxiliar nas metas de imunização, principalmente da Covid-19”.

O professor Evandro Piva também destacou que o momento propicia melhor reconhecimento e valorização da categoria diante da sociedade: “Somos profissionais integrados às equipes de saúde pública ao participar ativamente de força-tarefa em prol do rápido alcance das metas de imunização em cada região do Brasil”.

Segundo a professora de Saúde Coletiva da UFPel, Maria Beatriz Junqueira de Camargo, não existe uma maneira melhor de ser útil neste momento pandêmico. “É gratificante fazer parte da imunização e perceber os olhos de cada pessoa vacinada a esperança, a felicidade e gratidão; não tem preço. Pretendemos proporcionar, em breve, a oportunidade de também inserir acadêmicos em Odontologia nesta etapa de imunização, por meio do projeto de extensão ‘SOS Saúde Coletiva’”, detalhou.

É importante ressaltar que o recrutamento de voluntários aconteceu mediante capacitação remota (online) específica sobre a aplicação do imunizante, aliado à disponibilização de um Guia rápido para gestores, por parte do Governo do Estado do Rio Grande do Sul. Além disso, a maioria dos profissionais de Odontologia já participou de outras campanhas de imunização.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados