Amor

O tão esperado "Sim"

Cerca de 1.800 pessoas estiveram reunidas para prestigiar mais uma edição do casamento coletivo

08 de Novembro de 2019 - 22h22 Corrigir A + A -
Ginásio do Sesi recebeu a maior edição do evento (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Ginásio do Sesi recebeu a maior edição do evento (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Júlia e Ismael estão juntos há oito anos e viram na iniciativa a chance de oficializar a união (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Júlia e Ismael estão juntos há oito anos e viram na iniciativa a chance de oficializar a união (Foto: Carlos Queiroz - DP)

O clima de alegria e ansiedade tomou conta do Ginásio do Sesi na noite desta sexta-feira (8). Os sentimentos à flor da pele eram as consequências do casamento coletivo, que uniu oficialmente mais 60 casais pelotenses. A iniciativa já está na sua 26ª edição e é promovida pela prefeitura através da Secretaria de Assistência Social (SAS), em parceria com o Foro da Comarca de Pelotas.

Entre os casais estão Júlia Santana, de 22 anos, e Ismael Siqueira, de 29. Os jovens estão juntos há oito anos, e essa relação já gerou frutos: o pequeno Davi, de um ano. O casal frequenta uma igreja evangélica, e como o desejo é permanecer na caminhada de fé, enxergaram na iniciativa a oportunidade de oficializar a relação.

Momentos antes da celebração, as expectativas da dupla eram as melhores. "A ficha está caindo agora e estamos muito felizes", disseram. Após a cerimônia, marido e mulher foram festejar a nova fase da vida na tão sonhada festa de casamento. "Chegou o momento de dividirmos isso com nossos familiares e amigos", completaram.

Nos últimos meses, eles e os demais casais se prepararam para o grande dia através de reuniões e de um ensaio. A cerimônia é totalmente gratuita e garante aos noivos as vestimentas, dia de beleza, buquê de flores para as noivas, fotógrafo e decoração. O evento também é custo zero para o Poder Público, que por meio de parcerias com empresas voluntárias consegue viabilizar o momento. Além disso, esse foi o primeiro ano em que os noivos tiveram um brinde coletivo com espumante.

O momento apaixonado foi marcado por uma apresentação da orquestra Camerata de Cordas Simões Lopes, do Conservatório de Música da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A entrada dos noivos, que desfilaram em um tapete vermelho, foi embalada por clássicos românticos, como os de Roberto Carlos.

Para o secretário da SAS, Luiz Eduardo Longaray, fazer parte da organização da iniciativa é um prazer. "Temos um carinho especial pelo casamento coletivo", contou. O evento visa promover o lado afetivo das pessoas, preservar as relações, e assim melhorar o convívio familiar. A 26ª edição foi marcada por ser o maior casamento coletivo da história do município, reunindo cerca de 1,8 mil pessoas.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados