Virada do ano

Nos próximos 14 dias quase 60 mil pessoas vão passar pela Rodoviária pelotense

Mesmo assim, a movimentação deve ser 10% menor se comparada a 2014, quando mais de 340 veículos circularam pela rodoviária carregando 65 mil passageiros

24 de Dezembro de 2015 - 06h29 Corrigir A + A -
Passageiros chegando e partindo da Rodoviária de Pelotas (Foto: Jô Folha - DP)

Passageiros chegando e partindo da Rodoviária de Pelotas (Foto: Jô Folha - DP)

A Empresa do Terminal Rodoviário de Pelotas (Eterpel) espera incremento no número de partidas e chegadas à cidade em decorrência do feriado de Natal, o mais movimentado do ano. Mesmo assim, a movimentação deve ser 10% menor se comparada a 2014, quando mais de 340 veículos circularam pela rodoviária carregando 65 mil passageiros. Nos próximos 14 dias, mais de 58,5 mil pessoas devem passar pelo local com destino a Porto Alegre, Rio Grande, Jaguarão, Bagé, Santa Maria e Canguçu, principais rotas nesta época do ano. Aproximadamente 300 ônibus devem transitar pelo terminal, sendo que o normal são 183. Entre as 14h de terça e quarta-feira, 44 veículos extras já haviam sido disponibilizados.

Segundo o diretor-presidente da empresa, Vagner Rodrigues, a movimentação em novembro ficou abaixo do esperado o que deve repercutir nos resultados de dezembro, com aumento da demanda por viagens. Apesar disso, os resultados serão inferiores a 2014 devido à crise econômica e à alta do dólar. Desde 2013, o fluxo de viagens nesta época do ano vem caindo na Rodoviária pelotense. Para Rodrigues, a elevação no preço das passagens e o crescimento da frota veicular da cidade tem impacto importante neste cenário. “As pessoas estão preferindo dividir a gasolina e ir de carro para seus destinos. Só esquecem que o ônibus é mais seguro e não precisa de estacionamento quando chega.”

Idas e vindas

Enquanto a estudante Jéssica Oliveira, 14, e a aposentada Marli Pinho, 72, esperavam o ônibus para Camaquã onde iriam passar as festas de final de ano com a família, o vigilante Rogério Chagas, 39, aguardava junto aos sobrinhos Yasmin, 11, e Guilherme, 9, a chegada da avó e do tio das crianças, vindos de Porto Alegre. Em comum, a vontade de rever os familiares e matar a saudade antes de mais um ano começar. Expectativa para uns, trabalho para outros.

Na tarde desta , o motorista Marcos Ferreira, 41, se preparava para mais uma viagem para Rio Grande. Apesar de trabalhar nesta quinta (24), véspera de Natal, a esperança era de chegar a tempo de comemorar com a família. “Faz parte, com o tempo a gente se acostuma.”

Te liga

Para quem não quer preocupações durante o feriado, a dica é observar algumas regras básicas que incluem chegar ao terminal com pelo menos 30 minutos de antecedência, conferir os dados do bilhete de passagem como horário, box de embarque, poltrona e valor, e manter a bagagem próxima, pois é comum o esquecimento dos pertences em meio à correria do embarque. Se o carro for ficar no estacionamento da Rodoviária, deixe-o bem fechado para evitar roubos.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados