Formação

Município auxilia jovens na confecção de documentos

Projeto Escalada desenvolveu curso de formação para primeiro emprego com 48 jovens

04 de Julho de 2022 - 13h07 Corrigir A + A -
No total, foram 41 Carteiras de Trabalho Digital, nove CPFs e oito RGs confeccionados (Foto: Infocenter DP)

No total, foram 41 Carteiras de Trabalho Digital, nove CPFs e oito RGs confeccionados (Foto: Infocenter DP)

A prefeitura de Pelotas concluiu mais uma etapa de atividades do Mapa de Oportunidades, que integra o eixo de Prevenção do Pacto Pelotas pela Paz. Por meio do Curso Básico de Formação para o Primeiro Emprego, do projeto Escalada, 48 jovens, de duas Escolas Municipais de Ensino Fundamental (Emefs), tiveram documentos providenciados, dentre eles RGs, CPFs e Carteiras de Trabalho Digital, a fim de auxiliá-los no ingresso no mercado de trabalho.

No total, foram 41 Carteiras de Trabalho Digital, nove CPFs e oito RGs confeccionados. Na Emef Francisco Caruccio, no Pestano, participaram 25 jovens com idades entre 14 e 22 anos. Destes, dois não tinham CPF, três necessitavam de RG e 20 de Carteira de Trabalho. Já na escola Mário Meneghetti, dos 23 alunos participantes, sete não possuíam CPF, cinco ainda precisavam fazer o RG e 21 não possuíam carteira profissional.

"É uma grande satisfação concluir mais essa etapa e oportunizar, além da formação para o primeiro emprego, a construção cidadã para esses jovens que terão seus documentos que os identificarão e possibilitará o ingresso no mercado de trabalho. Esse é mais um projeto desafiador desenvolvido pelo Pacto e que mostra o comprometimento da coordenadora executiva, Aline Crochemore, na busca de cada vez mais termos um relacionamento próximo das comunidades", destaca o coordenador do Mapa, professor Gilnei Brauner.

Essa etapa do projeto Escalada teve como parceiros os diretores das duas Emefs, Alexandre Lemos Vieira e Flávia Spadari Selmo, o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE-RS), Sine/FGTAS, Delegacia da Receita Federal, Instituto Geral de Perícias e Biscoitos Zezé, além do M2 Consultoria. Estiveram envolvidos nas atividades as secretarias de Educação e Desporto e de Saúde, com os projetos Justiça Restaurativa e Prevenção da Gravidez Precoce, respectivamente, bem como a pasta de Habitação e Regularização Fundiária.

Curso de informática

Parte dos alunos selecionados pelos professores farão, neste mês, um curso avançado com imersão tecnológica e práticas de entrevista, em um dos laboratórios de informática da Emef Francisco Caruccio. "Para a atividade, contamos com a parceria do professor Fábio Ranieri e sua equipe da Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e do CIEE", explica Gilnei.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados