Ecosul

Minicidade para educação no trânsito é reinaugurada

Iniciativa que atende alunos de escolas públicas recebeu seis novos mini carros elétricos

25 de Maio de 2022 - 21h12 Corrigir A + A -
Na retomada das atividades, que já acontecem a partir da primeira semana de junho, cerca de 40 crianças frequentarão a minipista por semana.  (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

Na retomada das atividades, que já acontecem a partir da primeira semana de junho, cerca de 40 crianças frequentarão a minipista por semana. (Foto: Gustavo Vara - Ascom)

O Instituto Renault, em parceria com a Ecosul, a prefeitura de Pelotas e a concessionária Renault Nissul, reinaugurou nesta quarta-feira (25) a minicidade do projeto O Trânsito e Eu, em Pelotas. A iniciativa existe desde 2015 e tem como objetivo preparar, educar e conscientizar os futuros motoristas para que sejam multiplicadores das boas práticas no trânsito. O projeto recebeu seis novos mini carros elétricos Kwid, doados pelo Instituto Renault. Além disso, o Instituto também ofereceu formação para 20 professores da rede pública de Pelotas, sobre o conteúdo e metodologia O Trânsito e Eu.

A minicidade é hoje administrada pela Ecosul, concessionária responsável pelo Polo Rodoviário Pelotas, e possui parceria com a Secretaria de Educação de Pelotas (Smed). O projeto atende escolas da rede municipal de ensino, permitindo que seus alunos participem das atividades educacionais. "Sabemos que o melhor momento para semear escolhas é durante a infância e através das orientações da família e da escola, estão as bases formadoras de futuros motoristas, pedestres e motociclistas", destacou o diretor superintendente da Ecosul, Fabiano Medeiros.

Na retomada das atividades, que já acontecem a partir da primeira semana de junho, cerca de 40 crianças frequentarão a minipista por semana. "Essa retomada é uma das ações que o Instituto Renault fará no Maio Amarelo, visando sempre um trânsito com mais respeito e responsabilidade e incentivando práticas educativas que promovam a prevenção de acidentes", explica Caique Ferreira, vice-presidente do Instituto Renault e diretor de Comunicação da Renault do Brasil.

A prefeita Paula Mascarenhas (PSDB) ressaltou a importância de projetos de relevância social que reflitam bons frutos para a segurança de todos. "São iniciativas como essa, que mudam a cultura da violência no trânsito, olhando para as gerações futuras." A cerimônia de inauguração contou com a presença do vice-prefeito, Idemar Barz (PSDB), do diretor de pós-venda da Nissul Gala, Marcelo Puyo, e outros convidados.

Educação das crianças
Criado em 2012, o programa O Trânsito e Eu já educou mais de 260 mil alunos em oito municípios brasileiros e nas ações itinerantes promovidas em shoppings, parques e eventos. Atualmente, o programa está presente de forma fixa em seis cidades. O projeto tem o reconhecimento da Secretaria Nacional de Trânsito (Senatran) e é voltado a crianças de sete a 11 anos do ensino fundamental.

O projeto começa dentro das salas de aula, com materiais abordados por educadores de forma lúdica e divertida, apresentando noções básicas de segurança e convivência no trânsito. Com a lição dada na escola, as crianças vão às mini cidades para praticar o que aprenderam, participando como passageiros, pedestres ou ciclistas. O programa também adota novas tecnologias, como realidade virtual e óculos 3D em cartilhas, além de jogos e aplicativos desenvolvidos de acordo com o conteúdo educacional do projeto.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados