Vacinação

Mais de 41 mil aguardam segunda dose da CoronaVac na Zona Sul

Atraso na entrega de novas remessas provoca defasagem crescente no cronograma dos idosos

04 de Maio de 2021 - 21h31 Corrigir A + A -
Atraso na entrega de novas remessas provoca defasagem crescente no cronograma dos idosos (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Atraso na entrega de novas remessas provoca defasagem crescente no cronograma dos idosos (Foto: Michel Corvello - Ascom)

Enquanto chegam novas remessas da vacina de Oxford/AstraZeneca à Zona Sul, com foco no avanço da imunização do grupo com comorbidades, segue o atraso na aplicação do reforço da CoronaVac em idosos. Dados da 3ª Coordenadoria Regional de Saúde (CRS) apontam que já foi superada a marca de 41 mil pessoas aguardando o complemento na região.

Só em Pelotas, por exemplo, 17.320 idosos que deveriam estar 100% vacinados ainda esperam a conclusão do processo. Cenário em que nem mesmo as doses recebidas ontem pela 3ª CRS – 1.080 ficam na cidade – minimizam o transtorno. O momento é de alertar a população a respeito de outra questão importante: a data anotada na carteira de vacinação no ato da primeira aplicação não representa uma confirmação do dia do complemento.

Em contato com a reportagem do Diário Popular, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) reforça a necessidade de que as pessoas acompanhem os canais oficiais da Prefeitura nas redes sociais antes de irem aos postos de vacinação. A incerteza sobre a chegada de novas remessas da CoronaVac se estende, o que inviabiliza a elaboração de um planejamento para colocar em dia as imunizações de idosos abaixo de 70 anos.

De acordo com Caroline Hoffmann, chefe da 3ª CRS, a ideia é aplicar a segunda dose em 97% das pessoas que foram contempladas com a primeira parte até o dia 22 de março. Seriam necessárias 3.433 unidades para atingir o objetivo, mas a Zona Sul recebeu somente 2.720 na última leva. Em Pelotas, não há previsões pois só é delimitada a destinação dos exemplares quando eles chegam à cidade. Definição que até agora não existe.

O Instituto Butantan, responsável pela produção da CoronaVac no Brasil, continua sem confirmar nova data para disponibilizar outras remessas. Porém, espera-se que até o final da semana sejam passadas 1 milhão de aplicações ao Ministério da Saúde, quantia que já integra o segundo contrato feito pelo órgão com o governo federal, abrangendo mais 54 milhões de unidades.

Expectativa de mais vacinas da AstraZeneca

O Ministério da Saúde já coletou as 3,8 milhões de doses da vacina de Oxford/AstraZeneca entregues ao longo do último final de semana. No entanto, a distribuição aos estados ainda não foi definida, e os próximos dias devem trazer novidades.

A remessa pode ser destinada tanto ao complemento de quem foi imunizado em fevereiro tanto para quem integra o grupo de comorbidades. O posicionamento dos órgãos de saúde da região também não esclarece encaminhamentos referentes aos públicos-alvo dessa leva.

Atestado para fase 1 de comorbidades

A aplicação da primeira dose aos grupos da fase 1 de comorbidades começa nesta quinta (6) em Pelotas. No drive-thru montado no Centro de Eventos, serão contempladas pessoas com deficiência permanente cadastradas no programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) entre 59 e 54 anos e pacientes com doença renal crônica realizando hemodiálise. Já na sexta, entram gestantes e puérperas (até 45 dias após o parto) com comorbidades e portadores de Síndrome de Down maiores de idade.

A Prefeitura de Pelotas elaborou um atestado padrão que deve ser preenchido para garantir a idoneidade do processo de imunização. Os documentos começaram a ser emitidos ontem em algumas UBSs da cidade. Para mais informações, acesse este link.

Doses atrasadas por município (Fonte: 3ª CRS)

Amaral Ferrador: 260
Arroio do Padre: 160
Arroio Grande: 920
Canguçu: 2.780
Capão do Leão: 1.060
Cerrito: 310
Chuí: 260
Cristal: 350
Herval: 350
Jaguarão: 1.400
Morro Redondo: 420
Pedras Altas: 50
Pedro Osório: 440
Pelotas: 17.320
Pinheiro Machado: 530
Piratini: 980
Rio Grande: 8.640
Santa Vitória do Palmar: 1.330
Santana da Boa Vista: 440
São José do Norte: 1.150
São Lourenço do Sul: 1.990
Turuçu: 140


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados