Semana Santa

Mais de 3,5 mil pessoas acompanharam a 28ª Via Sacra Encenada

Procissão percorreu as avenidas Coronel Thomaz Floresta e Visconde de Pelotas e a rua Augusto de Carvalho para contar a história de condenação, morte e ressurreição de Cristo

21 de Abril de 2019 - 20h15 Corrigir A + A -
Comunidade Católica da Trindade se reuniu para contar a história de condenação, morte e ressurreição de Jesus Cristo. (Foto: Divulgação/Organização da Via Sacra da Cohab Tablada)

Comunidade Católica da Trindade se reuniu para contar a história de condenação, morte e ressurreição de Jesus Cristo. (Foto: Divulgação/Organização da Via Sacra da Cohab Tablada)

A 28ª edição da Via Sacra Encenada da Trindade, realizada na Cohab Tablada, foi acompanhada por mais de 3,5 mil pessoas na sexta-feira (19). A tradicional procissão partiu da frente da Escola Estadual de Ensino Médio Dr. Antônio Leivas Leite e seguiu pela avenida Coronel Thomaz Flores e rua Augusto de Carvalho até a Comunidade Católica da Trindade, localizada na avenida Visconde de Pelotas, para contar a história da condenação, morte e ressurreição de Jesus Cristo, em 15 passagens.

A Via Sacra tem o apoio da Prefeitura, através da Secretaria de Cultura (Secult), e integra o Calendário Oficial de Eventos do município, desde 2008. A cada edição a festividade convida o público a refletir sobre o tema escolhido pela Campanha da Fraternidade, realizada anualmente. Neste ano, o tema intitulado ‘Fraternidade e Políticas Públicas’ recebeu destaque inclusive no Poder Legislativo Municipal.

História do espetáculo
A Via-Sacra Encenada da Comunidade Eclesial da Trindade começou há 27 anos, durante a quaresma de 1991, quando o padre Cláudio Neutzling lançou um desafio ao grupo jovem da paróquia: a encenação da Paixão e Morte de Cristo. A ideia originou-se da Campanha da Fraternidade da época (1991), cujo tema foi “Juventude: Caminho Aberto”. 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados