Conquistas

Lágrimas e emoção na divulgação do listão do Pave

Vestibular da UFPel realizou o sonho de ingresso no ensino superior para 543 pessoas oriundas diretamente do Ensino Médio

11 de Janeiro de 2019 - 18h00 Corrigir A + A -

O sonho de cursar uma universidade pública e de qualidade foi alcançado nesta sexta-feira por 543 pessoas em Pelotas. O listão do Programa de Avaliação da Vida Escolar (Pave) foi divulgado no final da manhã desta sexta-feira, em solenidade no Campus Barroso da Universidade Federal de Pelotas (UFPel). A cada nome chamado, gritos de alegria ecoavam pelo ambiente, com lágrimas escorrendo pelos jovens rostos que acabavam de sair do Ensino Médio rumo à educação superior. Os abraços de felicitações entre amigos e familiares demonstravam a emoção pela realização de cada um.

O Pave 2018 foi o primeiro com 75% das vagas destinadas às instituições públicas. A mudança continuará em uma crescente, com 80% na edição de 2019 até fixar-se nos 90% a partir de 2020. Dessa vez, o curso mais concorrido foi o de Psicologia, com 8,1 inscritos por vaga destinada. Na sequência, Medicina e Engenharia Civil foram os mais procurados. Eram 1.220 candidatos para as vagas, com interesse em 67 dos 92 cursos disponíveis. O responsável pela Coordenadoria de Desenvolvimento de Concursos (Codec) da UFPel, Albino Magalhães Neto, diz que esta edição é a maior da história do vestibular seriado. O próximo passo é a matrícula, em data a ser divulgada.

A história de cada pessoa aprovada é única. Lauren da Luz França, de 21 anos, havia acabado de tornar-se técnica pelo Instituto Federal Sul-rio-grandense - Campus Visconde da Graça (IFSul-CaVG). Formada em agroindústria, tinha paixão pela área de alimentos. Mas na reta final do curso, descobriu nas ciências biológicas uma nova paixão. A emoção de conseguir a aprovação veio junto com a surpresa. "Eu não estava esperando", revelou. A luta contra dificuldades da vida foi acompanhada pela mãe. Dona Vera Luz chorava copiosamente e não conseguia verbalizar o orgulho. "É uma grande vitória. Uma conquista minha também".

Dona Vera conta ter ouvido que não valia a pena tanto esforço pela educação dos filhos. Sozinha, escutava que ela era uma exceção por ter conseguido estudar e queria, nos descendentes, criar a regra. As dificuldades foram impostas por diversos fatores. Financeiros, raciais, de gênero, pessoais. Mas a vitória acabou vindo. O filho mais velho formou-se no IF-Sul, em eletrotécnica. "Cada fila que peguei, cada ônibus que deixei de pegar para sobrar dinheiro para eles, agora valeu a pena", define.

Ingresso  duplo
Moradoras de Canguçu e estudando na Zona Rural de Pelotas, as gêmeas Marina Inês e Maria Helena Romano Santin, de 17 anos, chegam a uma nova etapa da vida em dupla. Marina Inês é bixo em Odontologia, enquanto Maria Helena estudará Medicina. "Estamos realizadas. Estudamos o ano todo para isso. Nem fizemos cursinho", comenta Marina Inês. A expectativa, agora, é para começar logo a faculdade.

Sob o olhar da mãe, Janete, viúva há cinco anos e responsável pela criação delas e de outros dois filhos, uma graduada em Química e outro estudando Agronomia, as meninas pintavam os rostos com a identificação do curso para o qual entraram. Vivendo da pensão deixada pelo pai e do plantio de soja, Janete conseguiu dar a melhor educação possível ao quarteto e vê agora essa missão próxima de um final feliz. "Eu não sei explicar. É muita felicidade. Elas são muito esforçadas. É um dos momentos mais felizes da minha vida, eu estou muito feliz", define, antes de emergirem as lágrimas, com a felicidade sendo expressada em mais um abraço nas filhas.

Estímulo  para  continuar
O reitor da UFPel, Pedro Curi Hallal, diz que o Pave cumpre o papel social da universidade, possibilitando uma pluralidade de acessos. Entre os acessos, estudantes brancos, negros, de variadas condições financeiras, vindos de instituições públicas e privadas, refletindo um espelho da sociedade. Para quem não conseguiu o ingresso na universidade, ele deixa o recado de que existem outros mecanismos. "A UFPel está aberta. Todos aqueles que têm um sonho: não desistam".

O próximo passo para os alunos aprovados é a matrícula. O listão completo pode ser conferido no link http://bit.ly/listaoDP.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados