Reforço

IPE repassa R$ 105 milhões a prestadores

Valor é referente a pagamento das contas de consultas e pronto atendimento

05 de Agosto de 2022 - 21h32 Corrigir A + A -
O IPE Saúde afirma estar adotando ações para a melhoria dos serviços aos usuários (Foto: Carlos Queiroz - DP)

O IPE Saúde afirma estar adotando ações para a melhoria dos serviços aos usuários (Foto: Carlos Queiroz - DP)

O IPE Saúde realizou na sexta-feira um pagamento de R$ 105 milhões aos prestadores, por meio de ações de reestruturação e negociações com entidades hospitalares. O valor engloba o pagamento em dia das contas de consultas e pronto atendimento. Além disso, nesta quitação, as contas relativas a internações hospitalares e serviços complementares passam a ser pagas em até 90 dias após o lançamento das faturas pelos hospitais e clínicas, ou seja, com atraso superior a 30 dias além do prazo contratual.

Conforme o governo do Estado, o objetivo é que até o final do ano seja possível reduzir de forma significativa o passivo existente com os credenciados e qualificar a prestação dos serviços para os quase um milhão de usuários. As ações para o equilíbrio econômico-financeiro, afirma a administração, envolvem também a modernização de processos internos, especialmente focados no controle, além da avaliação de alternativas de financiamento.

Além das ações de equilíbrio econômico financeiro, o IPE Saúde afirma estar adotando ações para a melhoria dos serviços aos usuários, entre elas a implantação de uma nova central para qualificar o atendimento telefônico, melhorias do sistema na sede da autarquia, em Porto Alegre, e a criação de uma ouvidoria própria, instituída em maio, para o recebimento de reclamações, sugestões e elogios.

Ação no interior
Nos municípios do interior do Estado, o instituto afirma que está em andamento a ampliação dos postos de atendimento por meio do Programa Facilitadores, presente em 48 cidades, além dos atendimentos presenciais por meio do Tudo Fácil. Recentemente, uma destas agências do serviço foi inaugurada em Rio Grande.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados