Investimento

HE recebe recurso de mais de R$1,2 milhões e irá adquirir novo mamógrafo

Esse recurso provém da redistribuição de valores não executados na rede

06 de Dezembro de 2021 - 19h21 Corrigir A + A -
Essa aquisição é fruto do planejamento e eficiência administrativa do Hospital Escola da UFPel

Essa aquisição é fruto do planejamento e eficiência administrativa do Hospital Escola da UFPel

O Hospital Escola da Universidade Federal de Pelotas (HE UFPel) foi contemplado com uma parcela extra do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf) no valor de R$ 1.265.155,50. Deste, o valor de R$ 910.155,50 será destinado à aquisição de um novo mamógrafo para a instituição e R$ 355.000,00 serão destinados à continuidade da implementação da Gestão de Acesso do HE.

Esse recurso provém da redistribuição de valores não executados na rede, para hospitais que estão com processos licitatórios concluídos e com capacidade administrativa de executar o recurso. Essa aquisição é fruto do planejamento e eficiência administrativa do Hospital Escola da UFPel.

“O mamógrafo que será adquirido é um equipamento de ponta que traz mais qualidade ao exame de mamografia ofertado e aumento significativo na capacidade operacional, a fim de atender uma importante demanda da nossa população. Vamos contribuir fortemente na eliminação da lista de espera pelos exames de mamografia, essenciais para prevenção e tratamento do câncer de mama”, destacou a superintendente do HE, Samanta Madruga.

Conforme a gerente de atenção à saúde, Carolina Ziebell, atualmente o HE tem contratualizado com a Prefeitura de Pelotas via Sistema Único de Saúde (SUS), 600 mamografias por mês, porém tendo em vista que o aparelho atual está em via de desativação em função das atualizações tecnológicas que tornaram o equipamento defasado e antieconômico, a verba recebida será empenhada para um novo equipamento, inclusive com tecnologia mais avançada. “Com a chegada deste novo aparelho teremos uma qualificação do exame, pois ele faz uma imagem com maior qualidade e retomaremos os 600 exames ao mês, podendo inclusive aumentar esta produção, se for o interesse do gestor municipal”, explicou Carolina.

O mamógrafo digital irá ser utilizado imediatamente após o recebimento e instalação, não sendo necessária qualquer ação de infraestrutura para o pleno funcionamento. Conforme a gerente administrativa, Daniele Zaffalon, a previsão de entrega é cerca de 120 dias.

Já a Gestão de Acesso é uma demanda antiga do Hospital Escola, que prevê a solução de tecnologia da informação com objetivo de dar segurança à instituição através da identificação no acesso das pessoas ao hospital, utilizando critérios pré-configurados e registrando todos os eventos relativos a esta atividade. De acordo com o chefe do Setor de Planejamento, Mauro Calderipe, o HE foi o hospital que recebeu mais recursos extras dentro de toda rede, tendo em vista que o planejamento havia sido bem executado, com as licitações concluídas no tempo adequado e a capacidade de empenho dentro do tempo previsto.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados