Educação

Gabarito do Enem será divulgado na quarta-feira

Segundo dia do exame em Pelotas foi mais uma vez de correria no fechamento dos portões; mãe carregou a filha para evitar atraso

11 de Novembro de 2019 - 08h30 Corrigir A + A -

Por: Giulliane Viêgas
giulliane.viegas@diariopopular.com.br

Expectativa. Lista dos aprovados deve ser divulgada apenas em 2020. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Expectativa. Lista dos aprovados deve ser divulgada apenas em 2020. (Foto: Paulo Rossi - DP)

Ansiedade, correria e especulação de como seria a última etapa de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foram algumas das marcas do dia para milhares de estudantes. Domingo (10) foram aplicadas as provas de Ciências da Natureza e suas Tecnologias e de Matemática para os candidatos que sonham ingressar em uma universidade. O gabarito deve ser divulgado na quarta-feira. Em Pelotas, um dos destaques ficou por conta de uma história envolvendo mãe e filha.

Faltavam menos de dez minutos para o fechamento dos portões da Escola Estadual Coronel Pedro Osório quando, em meio aos carros, surgiu Janaína Alves dos Santos carregando a filha Alice, de 17 anos, nas costas. A jovem está com o pé quebrado e, para evitar atrasos, a mãe decidiu colocá-la na “garupa”. “Saímos da Cohab Tablada, nas Três Vendas, e estávamos com medo de nos atrasar porque não conseguíamos chamar um carro no aplicativo, até que apareceu. Quando nos aproximamos do local da prova, o motorista disse que não poderia dobrar por motivo de obras. Eu, então, para não correr riscos, coloquei ela nas costas e caminhei uma quadra”, contou. Janaína também pretendia fazer a segunda etapa do Enem, mas acabou desistindo por conta da filha. “Como demorou muito para o carro chegar, entendi que a prioridade era ela. Ano que vem eu faço novamente”, explicou a mãe, orgulhosa da menina, que está concluindo o curso técnico de Enfermagem. “É a primeira vez que ela faz a prova, quer para Medicina.”

Acompanhada da mãe, a estudante Ana Cristina dos Santos, 19, disse que gostou do modelo de questões aplicadas neste ano. É a terceira vez que ela realiza o Enem. “Achei as questões mais diretas, bem objetivas. A parte de humanas surpreendeu”, comentou a jovem, estudante do quarto semestre de Enfermagem na Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e que sonha cursar Medicina.

A prova
As regras para domingo foram as mesmas da primeira avaliação realizada no domingo, dia 3. A duração do exame, no entanto, foi menor em 30 minutos neste segundo dia. Os participantes tiveram cinco horas para resolver as questões.

Na prova de Ciências da Natureza, questões chamaram a atenção dos estudantes. Algumas foram relacionadas ao dia a dia na cozinha, com a aplicação de ingredientes populares, como o café cumprindo o papel de adubo para plantas e a batata utilizada para dessalgar o feijão. No exame de Matemática, uma das questões tratou sobre probabilidades de “match” em um aplicativo de relacionamentos. Cálculo de câmbio de moedas também esteve presente na avaliação.

A lista dos aprovados, conforme publicado pelo Inep, deve ser liberada em janeiro de 2020.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados