Expectativa

Dia do Anatomista é celebrado nesta sexta-feira

Para marcar a data, Sociedade Brasileira de Anatomia divulga resultado de concurso nacional

31 de Julho de 2020 - 09h12 Corrigir A + A -
O estudante de Medicina da UFPel, Daniel Bohn, participa da competição (Foto: Divulgação - DP)

O estudante de Medicina da UFPel, Daniel Bohn, participa da competição (Foto: Divulgação - DP)

Para fechar o mês de julho, o Dia do Anatomista é celebrado nesta sexta-feira (31). A data é uma lembrança àqueles profissionais dedicados aos estudos do sistemas que envolvem o corpo humano. Como forma de celebração, a Sociedade Brasileira de Anatomia divulgará nesta sexta o resultado de um concurso no qual estudiosos de várias partes do país puderam responder à pergunta “O que a anatomia representa em sua vida?”. O estudante de Medicina na Universidade Federal de Pelotas (UFPel), Daniel Strohschoen Bohn, participa da competição.

Há pouco mais de um mês, o médico e professor na UFPel José Luiz Raymundo faleceu vítima da Covid-19, deixando uma série de discípulos na Faculdade de Medicina. Entre eles, está Daniel. De lembrança, o médico deixou ensinamentos da área da anatomia, principalmente da ortopedia. “Talvez, daqui há algumas décadas de muito esforço eu possa ser metade do que ele foi para os pacientes e quem convivia e aprendia (e muito) com ele, como eu”, frisa o aluno.

Ele lembra dos momentos ao lado do professor, que era rigoroso com quem desejava acompanhá-lo. No último ano, Daniel foi bicampeão da Olimpíada de Anatomia Elsevier - uma das maiores editoras de literatura médica do mundo. Depois disso, conseguiu participar das turmas lideradas por Zé Raymundo. “Ele era incrível e muito admirado. Não se conseguia caminhar com o Zé, seja na rua ou no hospital, que todo mundo parava para dar oi, abraçar e puxar uma conversa”.

Livro já ajudou mais de mil alunos

Apaixonado por anatomia, o estudante criou um compilado de conteúdos no primeiro semestre da faculdade de Medicina, quando ainda a cursava em Caxias do Sul. Nessa época, o livro Observação Anatômica já tinha mais de 200 páginas. Quando mudou-se para Pelotas, a cada semestre o livro ganhou mais e mais ensinamentos e hoje são mais de 500 páginas. Além de ser um elo entre a anatomia e outras áreas de conhecimento da medicina. “A anatomia tem muita informação, às vezes a gente precisa saber algo específico e em pouco tempo”, explica.

Atualmente, o guia de estudos já ajudou mais de mil alunos, desde os calouros até os que estão concluindo a graduação em Pelotas e em Caxias do Sul. Para além das fronteiras do RS, o livro ganhou fama após Daniel passar a divulgar conteúdos da área da saúde no Instagram e YouTube: cirurgiões e especialistas já possuem suas próprias cópias, que podem ser compradas tanto físicas, enviadas por correio, como em formato de e-book. “Quando eu ia imaginar que isso tudo iria acontecer? O guia de estudos é uma forma de unir as peças e moldar o quebra-cabeças”, destaca.

Hora de torcer

A Sociedade Brasileira de Anatomia divulgará nesta sexta o resultado da competição que vai premiar talentos e estudiosos da área da anatomia humana. Os vencedores serão avaliados conforme os critérios da instituição, que incluem a criatividade, o depoimento do participante e os comentários e curtidas no post do vídeo, que pode ter até 59 segundos. 

Quem quiser assistir o vídeo do Daniel pode acessar no Instagram, pelo @daniel_bohn, além de acompanhar os conteúdos da área da saúde. A divulgação dos vencedores ocorre no Instagram da SBA, no @sbanatomy.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados