Expectativa

Concursos da prefeitura seguem parados

Certame para Agentes de Trânsito e Transporte está suspenso e sem previsão para a retomada, em Pelotas

10 de Agosto de 2020 - 08h21 Corrigir A + A -
Processo. A seleção teve início em outubro do ano passado  (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Processo. A seleção teve início em outubro do ano passado (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Há cinco meses, o concurso municipal para contratação de Agentes de Trânsito e Transporte de Pelotas foi suspenso. Aberto em outubro do último ano, o certame estava na fase de aplicação dos testes de aptidão física, uma das etapas finais que sucedem a homologação do resultado final, e teve os prazos suspensos por conta da pandemia da Covid-19. Por enquanto, o Poder Público não trabalha com a possibilidade de retomada do processo de recrutamento.

Em abril, o decreto 6.267 estabeleceu a suspensão para todas as etapas de concursos públicos em andamento que impliquem aglomeração de pessoas. O texto destaca que uma exceção pode ser aberta somente após avaliação do gabinete da prefeitura de Pelotas. Dentro da Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, não há discussões acerca da reabertura. “Ainda entendemos como dificultoso reabrir o concurso, principalmente por envolver algumas complexidades para realização”, ressalta o titular da pasta, Eduardo Daudt Schaefer.

O teste de aptidão física conta com a presença de mais de 260 candidatos; na época, a divisão destes fora feita em quatro grupos de 66 candidatos cada. Ainda segundo o titular da SARH, no momento não há possibilidade de realização do teste entre pequenos grupos, descartando aglomerações.

O secretário Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), Flávio Al Alam, ressalta que a pasta atualmente conta com um bom quantitativo de agentes atuantes. Ao todo, são cerca de 15 vagas em aberto, por conta de exonerações e aposentadorias de servidores.

Enquanto isso, candidatos aguardam
Quem está participando do processo de seleção aguarda com ansiedade a divulgação de uma nova data para a realização da próxima etapa, o teste físico. As 41 anos, um dos candidatos afirmou manter ainda os treinamentos em dia, com corridas três vezes na semana, somadas a atividades físicas. “A gente tem que se virar, não dá pra ficar parado”, conta. Há 22 anos, ele trabalha como mototaxista e, nos últimos meses, passou a realizar entregas de pequenos volumes após a diminuição do fluxo de passageiros. “Fiquei bem colocado e espero ser chamado em seguida”, diz, lamentando a pausa do concurso.

Outro candidato que também preferiu não se identificar, de 34 anos, reclama da organização do certame, por conta das várias retificações que ocorreram e, assim, adiaram as datas. “Desde o começo senti que tudo estava muito enredado, por conta das várias retificações. E a gente segue ansioso, no grupo do WhatsApp o pessoal conta que tá bem apreensivo”, comenta.

Outros concursos tiveram prazo de validade prorrogado
Dois certames passaram por uma prorrogação no prazo de validade; são os concursos para Engenheiro de Segurança do Trabalho e Procurador Municipal. Ambos foram postergados para até 2022.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados