Rio Grande do Sul

Chama crioula já está em Pelotas

Fogo ficará no Rancho da Paz, no Mercado Central, até o dia 20

14 de Setembro de 2019 - 19h07 Corrigir A + A -
Fogo representa a resistência da cultura gaúcha (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Fogo representa a resistência da cultura gaúcha (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Público acompanhou a cerimônia com orgulho (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Público acompanhou a cerimônia com orgulho (Foto: Carlos Queiroz - DP)

608 quilômetros depois, a chama crioula está em Pelotas. Ela chegou à cidade neste sábado e se encontra agora no Rancho da Paz, localizado no Mercado Central, e nas entidades da 26ª Região Tradicionalistas.

A chama saiu do Altar da Pátria junto de cavalarianos que, perto das 17h, chegaram até o Mercado Central, onde pela terceira vez o fogo de chão, idealizado pelo eterno Paixão Côrtes, ficará aceso, em estrutura batizada de Rancho da Paz. Ela também foi espalhada pelos municípios que compreendem a 26ª Região Tradicionalista - Arroio do Padre, Capão do Leão, Morro Redondo e Turuçu.


Com o fogo acesso, chegou a vez dos discursos. Destaque para as palavras da vice-coordenadora da 26ª RT, Maísa Leal. Lembrando que o tema das festividades em 2019 é a mulher dentro das tradições, ela enfatizou a importância daquelas que lutam pela resistência da cultura gauchesca. "Quando pensamos no tradicionalismo, pensamos nos homens a cavalo, no Laçador, no Lanceiro Negro, nos combatentes farroupilhas. Só então lembramos da prenda. Então convido todos a refletir sobre quem são e onde estão as mulheres do Rio Grande do Sul. Lembrem das mães, avós, que fizeram das histórias delas as nossas histórias."


Quem também discursou, e de forma emocionada, foi o patrono da Semana Farroupilha, o juiz Marcelo Malizia Cabral. Ele lembrou que tem pais cariocas e fez questão de destacar a importãncia da esposa, Angélica, no seu ingresso às tradições gaúchas. "Estamos aqui para celebrar os ideais farroupilhas. Essa homenagem me toca muito e é a mais alta que um gaúcho pode receber", disse.


Após o discurso, teve início o show do grupo Querência, sucedido da ronda do Piquete José Garibaldi. O domingo será marcado por ronda do CTG Raízes do Sul, às 8h, mateada às 14h, show de Joca Martins às 17h, oficina de truco às 19h, campeonato de truco às 20h e ronda do CTG Rancho Grande à meia-noite.

 


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados