Saúde

Beneficência realiza primeiras cirurgias de Videotoracoscopia Uniportal

Técnica com apenas uma incisão teve participação do especialista espanhol Diego Gonzales Rivas

23 de Agosto de 2018 - 20h02 Corrigir A + A -

Por: Cíntia Piegas
cintiap@diariopopular.com.br 

Paciente Luiz Carlos Leite Soares, de 63 a nos, teve alta dois dias após a cirurgia para retirada da metade do pulmão. (Foto: Paulo Rossi)

Paciente Luiz Carlos Leite Soares, de 63 a nos, teve alta dois dias após a cirurgia para retirada da metade do pulmão. (Foto: Paulo Rossi)

Especialista e criador da Vídeo Cirurgia Vascular, Diogo Rivas dando instruções a equipe liderada pelo médico Otávio Gastal. (Foto: Divulgação)

Especialista e criador da Vídeo Cirurgia Vascular, Diogo Rivas dando instruções a equipe liderada pelo médico Otávio Gastal. (Foto: Divulgação)

Quem olha o corte de quatro centímetros abaixo do braço esquerdo do paciente Luiz Carlos Leite Soares, 63 anos, não acredita que ele passou por uma cirurgia torácica para a retirada de metade do pulmão, comprometido por um tumor. No mesmo dia em que esteve por pouco mais de três horas na sala de cirurgia da Beneficência Portuguesa de Pelotas, conseguiu levantar-se da cama para ir ao banheiro. E mais: foi operado pelo criador da técnica por incisão única, também conhecida como Uniportal VATS: o médico espanhol Diego Gonzalez Rivas. A convite do também especialista na área, Otávio Leite Gastal, o cirurgião esteve na cidade para mostrar a médicos do Estado a técnica menos invasiva que está propagando por hospitais do mundo.

"Eu não sinto nada", diz o paciente seis dias depois do procedimento, durante uma sessão de troca de curativo. Luiz Soares conta que descobriu a doença após procurar um médico por causa de uma tosse. Desde então, o caminho foi parar de fumar e buscar informações de novas tecnologias sobre a cirurgia, sem ter que abrir o tórax. "Já conhecia o trabalho do doutor Otávio, pois ele cuidou de um parente." O ex-fumante garante que o pedido ao médico - de esperar pelo término da Copa do Mundo para fazer a cirurgia - foi pura sorte. "Ele trouxe o cara da técnica", brincou Soares, que teve alta dois dias após a operação.

A relação de confiança com o doutor Gastal foi fundamental para o sucesso do procedimento Uniportal VATS, pois Luiz estava sendo assistido por mais de 20 médicos de Pelotas e de outras cidades do Estado. "O equipamento pertence à Beneficência e alguns outros adquiri na China", comenta o responsável pelo projeto em Vídeo Cirurgia Avançada (VCA) do hospital, juntamente com os médicos Eduardo Rotta, Paulo Thofehrn (videolaparoscopia e cirurgia da obesidade) e Ricardo Haack (cirurgia oncológica). Nas cirurgias inéditas, foi feita apenas uma incisão em cada paciente. "Em tese, todos os médicos que assistiram aos procedimentos realizados por nós aqui na Beneficência poderão também vir a fazer tais processos", garantiu Rivas.

Outra paciente que passou pela equipe pelotense comandada pelo médico espanhol foi Carmen Gazalle Marco, 74 anos. A filha dela, Sabrina Gazalle Marco, conversou com a reportagem e disse que a recuperação está sendo a melhor possível. "Fiquei impressionada com a tranquilidade, a segurança e o comprometimento do doutor Gastal, pois o pós-operatório foi exatamente como ele explicou. Minha mãe não precisou tomar remédio para dor." Em junho, o médico participou do Encontro e Conferência Internacional de "Video-Assisted Thoracoscopic Surgery", organizado pela Divisão de Cirurgia Torácica do Hospital Universitário de Tongji, em Shanghai. Foi quando Gastal convidou o especialista para acompanhar os dois procedimentos. Rivas, que costuma atuar em cidades dos Estados Unidos, da Alemanha,da Inglaterra, da Espanha e de países asiáticos, ficou impressionado com a estrutura do hospital de Pelotas e destacou a iniciativa do grupo. "Para ele, se a unidade tem condições de inovar tecnologicamente, não pode esperar."

De acordo com o cirurgião pelotense, Diego Gonzalez Rivas realiza em média 900 cirurgias por ano e tem o trabalho voltado à luta contra o câncer de pulmão, acumulando prêmios e publicações em grandes revistas científicas.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados