Fique atento

Agências da Caixa irão atender em horário estendido para saque do FGTS

Medida irá facilitar a vida de não correntistas do banco, nascidos em janeiro, que desejam acessar o valor de até R$ 500,00

19 de Outubro de 2019 - 17h18 Corrigir A + A -

Agência Brasil

Conforme o horário de funcionamento das agências, em cada cidade do país, expediente começará mais cedo ou irá se encerrar mais tarde

(Foto: Fernando Frazão - Agência Brasil)

Conforme o horário de funcionamento das agências, em cada cidade do país, expediente começará mais cedo ou irá se encerrar mais tarde (Foto: Fernando Frazão - Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal vai trabalhar com horário estendido por duas horas na segunda (21) e na terça-feira (22) para liberação do saque de até R$ 500,00 em contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para os não correntistas do banco nascidos em janeiro. 

Assim, as agências, que normalmente abrem às 11h em todo o país, vão iniciar o atendimento às 9h. Já as que abrem às 10h iniciarão os trabalhos às 8h e as que abrem às 9h atenderão a partir das 8h e terão uma hora a mais ao final do expediente. No caso de agências que abrem às 8h, serão duas horas a mais ao final do expediente normal.

Na próxima sexta-feira, dia 25, começa o saque para os não correntistas nascidos em fevereiro. A lista das agências com horário estendido pode ser consultada na página do banco na internet.

Segundo a Caixa, a liberação dos recursos do FGTS para os nascidos em janeiro beneficiará 4,1 milhões de pessoas, com a injeção de R$ 1,8 bilhão na economia. No total, os saques do FGTS podem resultar em uma liberação de cerca de R$ 28 bilhões na economia. Para 2020, serão mais R$ 12 bilhões.

Cronograma
De acordo com o banco, 40% dos 96 milhões de brasileiros com direito ao saque já receberam os valores referentes ao saque imediato. Desse total, 82% movimentaram o dinheiro pelo celular, sem precisar ir a agências. O depósito automático começou em setembro para quem tem conta-corrente ou conta-poupança na Caixa aberta até 24 de julho deste ano.

Em um mês, mais de R$ 15 bilhões em crédito em conta foi feito para quase 37 milhões de trabalhadores. O cronograma seguiu o mês de nascimento do correntista.

Quem nasceu em janeiro, fevereiro, março e abril recebeu em 13 de setembro. Os nascidos em maio, junho, julho e agosto tiveram o dinheiro depositado em 27 de setembro. Em 9 de outubro, foi a vez os nascidos em setembro, outubro, novembro e dezembro.

Pagamento de dívidas
Pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) revela que quase dez milhões de brasileiros, cerca de 38% dos que têm direito ao recurso do FGTS, vão usar o dinheiro para quitar dívidas.

Para aqueles que não têm conta poupança na Caixa, aberta até o dia 24 de julho de 2019, ou conta-corrente, o calendário começou na última sexta-feira, para os nascidos em janeiro, e vai até 6 de março de 2020, para os nascidos em dezembro.

Segundo a Caixa, cerca de 33 milhões de trabalhadores receberam o crédito automático na conta poupança. Os clientes do banco que não quiserem retirar o dinheiro têm até 30 de abril de 2020 para informar a decisão em um dos canais divulgados pela Caixa: site, Internet Banking ou aplicativo no celular.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados