Instabilidade

Acumulado de chuva está quase na média do mês em Pelotas

Segundo o Sanep, entre as 19h de terça-feira e às 7h desta quarta choveu no centro 63mm

11 de Setembro de 2019 - 12h19 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

No Areal foi o maior volume de chuva, com 131mm até o meio-dia. (Foto: Reprodução WhatsApp)

No Areal foi o maior volume de chuva, com 131mm até o meio-dia. (Foto: Reprodução WhatsApp)

Na avenida Manoel Antônio Peres, que liga ao Corredor do Obelisco, a água havia baixado um pouco no início da tarde. (Foto: Leandro Lopes)

Na avenida Manoel Antônio Peres, que liga ao Corredor do Obelisco, a água havia baixado um pouco no início da tarde. (Foto: Leandro Lopes)

Atualizada às 13h40min para acréscimo de informações 

A previsão virou precisão e o aguaceiro em Pelotas já começa deixar em alerta equipes da Defesa Civil e do Sanep. Entre as 19h de terça-feira e às 7h desta quarta choveu 63mm, no Centro. Já a média acumulada de precipitação nos primeiros 11 dias chegou a 114mm, sendo que para o mês, o previsto é de 136mm. Os dados são dos cinco pluviômetros do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), monitorados pela Prefeitura Municipal. Os pontos com os maiores volumes de chuva são o Sinott e o Areal com 129,2 e 126, 6 respectivamente nos últimso sete dias, e que já entraram no alerta vermelho por ultrapasserem os 70mm nas últimas 24 horas. 

De acordo com um dos coordenadores da Defesa Civil em Pelotas, João Arthur Assumpção, até as 8h desta quarta, não havia nenhum chamado em função de alagamentos. "Os canais estão fluindo bem e todos as bombas da cidade estão ligadas. O diretor-presidente so Sanep Alexandre Garcia conta que as equipes trabalharam toda a noite e, como não faltou energia elétrica, as bombas funcionaram direto, auxiliando no escoamento da água. "Claro que existem pontos críticos, com obras para solucionar, que são a praça do Colono e a rua Gomes Carneiro".


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados