Acolhimento

Acolhimento da prefeitura contra o frio vai até domingo

Estrutura montada no Colégio Pelotense recebeu 20 pessoas e um animal na primeira noite

28 de Julho de 2021 - 20h22 Corrigir A + A -

Por: Redação
web@diariopopular.com.br

Com a chegada da frente que trouxe temperaturas extremamente baixas, o Colégio Municipal Pelotense foi o local escolhido para o atendimento (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Com a chegada da frente que trouxe temperaturas extremamente baixas, o Colégio Municipal Pelotense foi o local escolhido para o atendimento (Foto: Carlos Queiroz - DP)

Está prevista para permanecer aberto pelo menos até domingo o serviço de acolhimento montado pela prefeitura de Pelotas para proteger do frio pessoas em situação de rua e vulnerabilidade, bem como seus pets. Com a chegada da frente que trouxe temperaturas extremamente baixas, o Colégio Municipal Pelotense foi o local escolhido para o atendimento.

Na noite de terça para quarta-feira, primeiro dia de serviço disponível, 20 pessoas dormiram no local, que conta com 30 lugares. Um cão de estimação também foi abrigado. Já na Casa de Passagem, que possui 82 vagas, 43 pessoas passaram a noite. De acordo com a prefeitura, caso seja necessário o município tem capacidade para acolher até 180 pessoas nos dois locais. E, se houver ainda mais demanda, o Executivo diz ter como aumentar o espaço oferecido.

O atendimento aos usuários do sistema montado contam com colchões, cobertores quentes, roupas e alimentos enviados pelo Restaurante Popular. Profissionais também recebem as pessoas nos locais para atendimento. Um ônibus da Secretaria de Assistência Social fez o transporte dos usuários que chegam ao Colégio Pelotense até a Casa de Passagem para tomar banho e se esquentar. Equipes de abordagem também atuaram buscando pessoas em situação de rua para irem até o abrigo. Todos tiveram temperatura aferida, como medida de combate ao coronavírus e de evitar o contágio da doença.

Márcio Adriano, 50, foi uma das pessoas que se dormiu no Colégio Pelotense e ressaltou a importância do local central para abrigar a população de rua e vulnerabilidade no período da noite. "Eu utilizo muito a Casa de Passagem também e gosto muito de lá. Vai bastante gente pra lá. É muito bom ver que tem outras pessoas que também se preocupam com a gente."

Como serão os próximos dias

A Casa de Passagem segue atendendo a comunidade na rua Dona Darcy Vargas, 212, região do Navegantes/Porto, de domingo a domingo, das 19h às 7h. São 82 vagas para pernoite, com direito a banho, material de higiene e roupas limpas. Os abrigados também recebem jantar e podem guardar seus pertences no espaço apropriado.

Até domingo, período em que está prevista a permanência da massa de ar polar no estado, a Unidade Básica de Atendimento Imediato (Ubai) Navegantes ampliará o horário até a meia-noite. Além disso, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) contará com um veículo extra para atendimento, que pode ser solicitado pelo telefone 192. Caso algum cidadão identifique pessoas em dificuldade, em decorrência do frio, poderá acionar o socorro.

O serviço do Consultório de Rua também estará de prontidão. Durante essa semana, a equipe, além de percorrer as ruas, também estará atendendo pelo telefone (53) 98436-3127. Ao mesmo tempo, a Defesa Civil está mobilizada, acompanhando, junto aos órgãos oficiais de meteorologia, as previsões do tempo. O Centro Pop também está de portas abertas, na rua Gonçalves Chaves, 813.

Como contribuir

Doações de cobertores e roupas quentes, especialmente masculinas e infantis, deve ser feitas com as peças lavadas, embaladas em sacos plásticos limpos e bem fechados. A entrega pode ser feita na Secretaria de Assistência Social, na rua Marechal Deodoro, 404, das 8 às 17h30min. Também são aceitos alimentos e itens para a Campanha do Agasalho. Quem não conseguir se deslocar até o endereço pode entrar em contato pelos telefones (53) 3309-3600 ou (53) 3309-3640, para que as equipes busquem as doações.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados