Mobilidade Urbana

A bicicleta como meio de transporte

Engenheiro civil holandês fala sobre a inclusão dos ciclistas no tráfego

22 de Maio de 2018 - 21h31 Corrigir A + A -
Warner Vönk é engenheiro civil e dono de uma empresa de mobilidade urbana integrada e sustentável no Rio de Janeiro (Foto: Heitor Araujo - DP)

Warner Vönk é engenheiro civil e dono de uma empresa de mobilidade urbana integrada e sustentável no Rio de Janeiro (Foto: Heitor Araujo - DP)

Enquanto boa parte da população corre para encher o tanque de combustível de seus carros e não ser afetada pela greve dos caminhoneiros, um seminário pretende colocar em pauta estratégias para ampliar a participação dos ciclistas e dos pedestres no tráfego. A discussão, realizada nesta quarta-feira (23) no auditório do Sest/Senat, é aberta à comunidade e faz parte da formação do Plano de Mobilidade Urbana de Pelotas. Quatro importantes profissionais da área foram convidados para falar mais sobre o tema.

Entre os palestrantes está o holandês Warner Vonk, engenheiro civil e dono de uma empresa de mobilidade urbana sustentável no Rio de Janeiro. Ele veio ao município a convite da prefeitura e pretende compartilhar suas experiências com os pelotenses. "É importante ouvir as demandas da população ao se pensar na cidade", acredita.

Durante sua fala, prevista para iniciar às 8h30min, pretende mostrar que é possível incluir os ciclistas no trânsito sem gerar transtornos para nenhum lado. "A bicicleta é ideal para os pequenos trajetos, como ir ao mercado, à escola ou ao trabalho", comenta. Além de diminuir o tempo perdido nos deslocamentos, ele explica que o meio de transporte também traz benefícios ao meio ambiente, à saúde e reduz os acidentes de trânsito.

Outro ponto positivo destacado por Vonk é o aumento do acesso aos serviços. Ele exemplifica com a experiência vivida no Rio de Janeiro. "Os comerciantes não queriam ciclofaixas em frente aos seus comércios porque perderiam as vagas de estacionamento", conta. Através do diálogo, convenceram a categoria de que o espaço para as bicicletas é uma boa ideia. Em pouco tempo, fala que o movimento nesses locais cresceu muito devido ao aumento do fluxo de pessoas que passam por ali.

Pensando em todos os benefícios, o engenheiro civil afirma que as ciclovias e ciclofaixas são um investimento com retorno garantido. "A cada R$ 1,00 gasto, a prefeitura recebe R$ 5,00", aposta. A recompensa, explica, vem de diferentes formas. "As pessoas que se exercitam geram menos gastos com saúde", pontua. Além disso, o aumento do fluxo da inserção das pessoas no ritmo da cidade incrementa os negócios e, consequentemente, a arrecadação, afirma.

O sistema de bicicletas compartilhadas poderia auxiliar a disseminar seu uso. Vonk fala que no Rio de Janeiro a ideia já foi implementada há um certo tempo e vem dando muito certo. "O uso da bicicleta é visto como uma novidade. As pessoas ainda precisam se acostumar", comenta. Em Pelotas, a licitação que irá concretizar o BikePel deve ser lançada em breve.

Plano de Mobilidade

O Plano de Mobilidade Urbana de Pelotas está sendo feito em cooperação técnica entre a prefeitura e a Universidade Federal de Pelotas (UFPel). Os trabalhos se iniciaram em abril deste ano e se estendem por 12 meses. No primeiro semestre, o objetivo é ouvir a população, através de seminários temáticos e consultas à comunidade. "Vamos montar um inventário com os dados recolhidos", adianta o arquiteto e urbanista Evaldo Krüger.

O prazo final dado pelo Ministério das Cidades para a submissão do plano é abril de 2019. O documento é necessário para acessar os recursos do governo federal destinados a melhorias no setor.

Programação

8h15min - Abertura
8h30min - Palestra Warner Vonk
10h30min - Coffee break
10h45min - Palestra Adriana Portella
12h - Intervalo para almoço
14h - Palestra Júlio Celso Borello Vargas
15h - Palestra Otávio Gigante Viana
15h30min - Coffee Break
15h45min - Trabalho em grupo
18h - Encerramento

Local: Auditório do Sest/Senat (avenida Ildefonso Simões Lopes, 1.206)


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados