Copa do Mundo 2018

Uruguai e Rússia avançam no Grupo A

Celeste Olímpica venceu a Arábia Saudita por 1 a 0 e confirmou classificação para as oitavas, ao lado dos russos

20 de Junho de 2018 - 14h16 Corrigir A + A -
Seleção não brilhou, mas contou com o oportunismo de Suárez para vencer a frágil Arábia Saudita (Foto: Divulgação - FIFA)

Seleção não brilhou, mas contou com o oportunismo de Suárez para vencer a frágil Arábia Saudita (Foto: Divulgação - FIFA)

Por: FolhaPress

O gol de Luis Suárez contra a Arábia Saudita fez dois países felizes nesta quarta-feira (20) de Copa do Mundo. Isso porque a vitória do Uruguai por 1 a 0 sobre os sauditas classificou os sul-americanos e também a Rússia.

Com duas vitórias em dois jogos, os russos dependiam de, no mínimo, um empate do Uruguai para garantir a vaga.

Esta é a primeira vez que a seleção russa se classifica para as oitavas de final na história desde 1986. Na ocasião, ainda como União Soviética, venceu duas partidas na fase de grupos (Hungria e Canadá) e caiu para a Bélgica nas oitavas de final.

Já os uruguaios, bicampeões mundiais, garantem mais uma classificação para o mata-mata do torneio. Disputando Copas de forma ininterrupta desde 2010, foram até a semifinal na África do Sul e, na edição de 2014, pararam nas oitavas para a Colômbia.

Autor do gol que classificou o Uruguai, Luis Suárez fez diante da Arábia Saudita seu 100º jogo com a camisa celeste. Ele é o sexto jogador a ter atingido a marca centenária de partidas pelo time.
Outros quatro com mais de 100 partidas estão no atual elenco uruguaio: Maxi Pereira, o capitão Diego Godín, Cristian Rodríguez e Edinson Cavani. Completa a lista o ídolo Diego Forlán, eleito melhor jogador do Mundial de 2010.

Maior artilheiro da história da seleção, Suárez chegou a 52 gols, ampliando seu recorde na liderança. Também se tornou o primeiro uruguaio a marcar em três Copas diferentes: 2010, 2014 e 2018. 
Rússia e Uruguai se enfrentam na próxima segunda-feira (25), em Samara, às 11h (de Brasília), na partida que define a liderança do Grupo A da Copa do Mundo. Por enquanto, eles estão empatados em pontos (6), mas os russos têm saldo de gols mais expressivo: sete gols, contra dois da equipe sul-americana.
As outras duas seleções da chave, Arábia Saudita e Egito, já eliminadas, se despedem da Rússia também na segunda, no mesmo horário.

Uruguai: Muslera; Varela, Giménez, Godín e Cáceres; Sánchez (Nández), Vecino (Torreira), Bentancur e Cristian Rodríguez (Laxalt); Suárez e Cavani. T.: Óscar Tabárez

Arábia Saudita: Al-Owais; Al-Burayk, Osama Hawsawi, Al-Bulaihi e Al-Shahrani; Otayf; Bahebri (Kanno), Al-Faraj, Al-Jassim (Al-Mogahwi) e Al-Dawsari; Al-Muwallad (Al-Sahlawi). T.: Juan Antonio Pizzi

Local: Arena Rostov, em Rostov (RUS)

Juiz
: Clement Turpin (FRA)

Gol
: Suárez (URU), aos 22min do 1º tempo


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados