Gauchão 2021

Ultimato pela vitória na Boca do Lobo

Sem tempo para erros, Pelotas tem a obrigação de vencer o Esportivo hoje, às 20h, em duelo direto contra o rebaixamento no Gauchão

01 de Abril de 2021 - 12h07 Corrigir A + A -
Grupo está consciente da responsabilidade em semana decisiva do Gauchão  (Foto: Tales Leal/ECP)

Grupo está consciente da responsabilidade em semana decisiva do Gauchão (Foto: Tales Leal/ECP)

Não há mais tempo para adiar vitórias no Campeonato Gaúcho. A ordem dentro do estádio da Boca do Lobo é ganhar do Esportivo hoje, às 20h, para evitar que o rebaixamento se torne uma realidade irreversível na reta final da competição. Por se tratar de um jogo às vésperas do clássico Bra-Pel 365, qualquer resultado poderá ser potencializado para o bem, ou para o mal. Na 11ª posição com apenas seis pontos em sete rodadas, o Lobo entra em campo pressionado pelo resultado, pelo duelo direto com o time de Bento Gonçalves e por todo o contexto.

A situação delicada na Boca do Lobo veio depois de tropeços nas últimas rodadas em casa. O primeiro diante do São Luiz, quando o Lobo apenas empatou - e com gol de Marcão no fim - por 1 a 1. O segundo foi na derrota por 2 a 1 para o Aimoré, que decretou a demissão do técnico Ricardo Colbachini.

O revés sofrido no domingo para o Grêmio na Arena, somado a vitória do Novo Hamburgo sobre o Esportivo na segunda-feira, empurrou o time áureo-cerúleo para a zona de rebaixamento, à frente apenas do time de Bento Gonçalves, adversário de hoje à noite. O adversário terá Gustavo Papa na casamata, após pedido de demissão do técnico Rogério Zimmermann. O momento de crise do clube da Serra, no entanto, não é visto como facilitador do trabalho desta noite.

"Eu creio que os resultados do adversário não devem ser motivação pra nós. Temos que focar no nosso trabalho. A gente sabe que o campeonato é difícil por si só, não existe equipe fraca, não existe disparidade de nível de equipe. Sabemos muito bem que situações como essa que o Esportivo está vivendo acontecem por vários outros detalhes, não é pelo nível da equipe. O Esportivo tem todo nosso respeito, temos trabalhado muito forte porque será um jogo que vai exigir muito da gente. É uma equipe qualificada. É importante que a gente não leve os maus resultados do Esportivo pro campo porque isso pode nos trazer um relaxamento que a gente não quer", destacou o zagueiro Sílvio, em coletiva concedida ontem à tarde.

Embora o discurso evite comentários mais detalhados sobre o clássico Ba-Pel, ele já faz parte da pauta de ambos os lados. Para o Pelotas, tudo passa pelo resultado de logo mais, fundamental para elevar a moral do grupo antes de um enfrentamento tão emblemático e importante.

"Pra situação ser definida no clássico, a gente precisa fazer um grande jogo e um grande resultado no dia de amanhã (hoje) contra o Esportivo. É necessário canalizar força e foco pro jogo, esquecer o clássico, vivenciar um jogo por vez, porque se a gente fizer um bom trabalho, com certeza vamos chegar forte pro clássico", comentou.

Rafael Jacques conta com seis reforços

O treinador - que saiu no BID ontem à tarde - está liberado para comandar o time da casamata. Com os retornos de Wesley, Gazão, Thomas Luciano e Thiago Rosa, que volta após ficarem de fora contra o Grêmio por pertencerem ao Tricolor, mais as voltas de Sílvio e Moisés, são seis os reforços para o duelo das 20h. Os desfalques são Itaqui, lesionado, e João Vieira, expulso na última rodada.

A dúvida de Jacques está no lado esquerdo. A atuação de Wendel Lomar como lateral e Gabiga como extrema agradou o treinador, que pode repetir a escalação apenas com Moisés na vaga de João Vieira e Sílvio na de Gabriel Silva. A ideia seria manter o posicionamento defensivo equilibrado, como nos primeiros 45 minutos na Arena. Por outro lado, a necessidade da vitória poderia fazer com que Jacques opte por um time mais ofensivo, com Gabiga na lateral e Wesley pela ponta.


Ficha Técnica

Pelotas: Gabriel Leite; Marcelo, Sílvio, Maurício e Wendel Lomar (Wesley); Moisés, Juliano e José Aldo; Bustamante, Gabiga e Marcão. Técnico: Rafael Jacques

Esportivo: Anderson; Norton, Junior Alves, Igor e Michael; Hulk, Mateus Santana, Juninho Tardelli, Daniel Cruz e Wesley (Warlei); William. Técnico: Gustavo Papa

Árbitro: Vinicius do Amaral
Local: Boca do Lobo


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados