Bra-Pel

Treinadores têm problemas no mesmo lado para o clássico

Gustavo Papa e Diego Gavilán têm dúvidas no mesmo setor para o clássico 363

15 de Março de 2019 - 16h00 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

cl?ssico
Alterações. Hélder e Adriano Lara podem aparecer no Bra-Pel

Não há nenhuma chance de Gustavo Papa adiantar o time titular do Brasil para o clássico de domingo. E o mesmo vale para Diego Gavilán, do Pelotas. Em meio às muitas dúvidas sobre as formações, um setor em comum: o lado direito da defesa. Enquanto o treinador áureo-cerúleo procura um substituto para o suspenso John Lennon, o rubro-negro quer estancar um dos principais problemas dos últimos jogos.

O lado direito defensivo foi o grande calcanhar de aquiles do Xavante na derrota por 4 a 1 para o São Luiz. Foi por este lado que a equipe de Ijuí construiu três dos seus quatro gols na última terça-feira. Por isso, Papa estuda uma troca na lateral direita e outra na zaga para enfrentar o Pelotas.

Na ala, Helder pode ganhar de vez a vaga de Ricardo Luz. Mesmo recuperado de lesão, o ex-lateral de Juventude, Internacional e Boa Esporte frequentou o banco de reservas nos últimos três jogos, mas só entrou em campo - e como meio-campista - nos minutos finais da vitória sobre o São José.

Expulso contra o Avaí, pela Copa do Brasil, e apontado pela torcida xavante como um dos culpados pela derrota para o São Luiz, o zagueiro Nirley também deve deixar a equipe. Sem Bruno Aguiar, ainda entregue ao departamento médico, a tendência é que Heverton retorne ao time, com Leandro Camilo sendo deslocado para o lado direito da defesa.

Lara ou Giménez?
A dúvida que o técnico Diego Gavilán vai carregar até momentos antes da partida é sobre quem será o lateral direito titular. Sem poder contar com o suspenso John Lennon, um dos principais jogadores do clube na temporada, o comandante terá de escolher entre Adriano Lara e Aquilino Giménez para começar a partida no estádio Bento Freitas.

Mais acostumado com o futebol gaúcho e com o clube, Lara leva uma pequena vantagem sobre o companheiro. Foi ele, inclusive, quem substituiu John Lennon - na época lesionado - na vitória por 2 a 1 sobre o Internacional. O paraguaio Giménez, por sua vez, tem na forte marcação o seu grande trunfo para começar jogando contra o maior rival.

Também existe a possibilidade dos dois atletas estarem em campo desde o início do confronto, com Adriano Lara na lateral direita e Aquilino Giménez na esquerda. Foi justamente com esse posicionamento que o Lobão venceu no Beira-Rio, pela segunda rodada do Gauchão.

Arbitragem
O clássico Bra-Pel 363 já tem arbitragem definida. O sorteio realizado ontem à tarde na sede da FGF apontou Leandro Vuaden como árbitro da partida. No Bento Freitas ele será auxiliado por Élio Nepomuceno Júnior e Leirson Peng Martins.

Leandro Vuaden divulga


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados