Série D

Tatá celebra gol após quase dois anos

Tatá celebra gol marcado e projeta sequência para ajudar o Lobo em busca do acesso

29 de Outubro de 2020 - 11h53 Corrigir A + A -
Atacante passou por duas cirurgias no joelho na Boca do Lobo

Atacante passou por duas cirurgias no joelho na Boca do Lobo

São quase dois anos de Pelotas, mas apenas sete jogos disputados. Foram duas graves lesões no joelho e uma luta diária pela recuperação. No sábado contra o São Caetano, o atacante tirou um peso enorme das costas ao balançar a rede pela primeira vez vestindo a camisa áureo-cerúlea. Um filme que passou pela cabeça do atacante de 34 anos no momento do gol e que foi muito celebrado pelos companheiros.

“Passaram muitas coisas. Muitas coisas boas e ruins. Ali foi um momento que eu tirei todo o peso e toda ansiedade que eu estava para fazer um gol com a camisa do Pelotas, dando alegria ao torcedor. Independente do resultado. Ter o respeito de todos os companheiros é que importa”, celebrou Tatá.

Tatá aproveitou a entrevista coletiva nesta quarta-feira (28) à tarde para agradecer o trabalho dos preparadores físicos do Lobo: “tenho que agradecer muito ao Roberto e ao Allon que ficaram três, quatro meses comigo treinando a parte, me fortalecendo. Hoje estou no grupo, sempre trabalhando para esperar a oportunidade no momento certo”.

O atacante revelou que não se vê em condições de atuar os 90 minutos ainda, mas que será útil ao técnico Ricardo Colbachini seja atuando pelos lados do campo, sua posição de origem, ou até mesmo como um falso 9 por dentro.

“Me sinto bem, mas não 100% para aguentar uma partida de 90 minutos pois foram duas lesões de cruzado e quase dois anos fora. Não tenho que me cobrar tanto, preciso procurar estar em um estágio que eu não tenha seguidas lesões”, contou.

Projetando a partida deste sábado contra o São Luiz, Tatá revelou que o elenco trata o confronto como uma decisão.

“Quando nos reapresentamos na terça-feira, nos conversamos o quanto era importante o jogo de sábado. Esse jogo começou na terça mesmo. Com foco, conversa. Respeitamos o São Luiz, mas vamos fazer o possível para fazer um belo jogo e conseguir os três pontos”, finalizou.

Treino
O Lobo trabalhou na tarde desta quarta em gramado sintético e ness quinta faz treino na Boca do Lobo no mesmo período.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados