Polêmica segue

STJD cassa liminar e impede presença da torcida em jogos do Flamengo

Decisão foi tomada horas após jogo do Rubro-Negro com 6 mil pessoas, contra o Grêmio

16 de Setembro de 2021 - 19h51 Corrigir A + A -

Agência Brasil

Foto: Paula Reis - CRF

Foto: Paula Reis - CRF

O Flamengo não poderá mais contar com a presença da torcida nos próximos jogos. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) cassou nesta quinta-feira (16) uma liminar que permitia que o clube realizasse partidas no Maracanã com público.

A decisão foi tomada um dia após o time carioca entrar em campo pela Copa do Brasil, contra o Grêmio, com a presença de mais de 6 mil torcedores. O Flamengo esperava ter torcedores também no jogo do próximo domingo (19), diante novamente do Tricolor, pelo Campeonato Brasileiro.

Só que a presença de torcida em jogos do clube foi questionada pelos demais clubes da Série A da Brasileirão, que ameaçavam não entrar em campo na próxima rodada por entender que o time da Gávea estava sendo favorecido, uma vez que outras cidades ainda não autorizaram a volta de torcedores por causa da pandemia.

O auditor do STJD Felipe Bevilacqua deferiu o pedido feito por 17 clubes da Série A e pela própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para vetar a presença de torcedores em jogos do Flamengo.

“Tratando-se de matéria com escopo relevante e que traduz, em análise perfunctória, probabilidade de dano de difícil ou incerta reparação com a iminente não realização da rodada deste próximo final de semana, concedo parcialmente o efeito suspensivo ativo vindicado”, afirma Bevilacqua em trecho de sua decisão.

A presença de torcedores em jogos do Flamengo foi liberada pela prefeitura do Rio no que se chamou de evento-teste. Para ter acesso à partida, o torcedor precisava apresentar teste negativo para Covid-19 e carteira de imunização, além de usar máscara e manter o isolamento social.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados