Divisão de Acesso

Sem condições

Chuva forte e queda de energia elétrica adiam jogo do Farroupilha; partida será às 11h de sexta-feira (5)

04 de Abril de 2019 - 21h07 Corrigir A + A -

Por: Henrique Risse
esporte@diariopopular.com.br 

Jogo foi paralisado no começo do primeiro tempo. (Foto: Renan Mattos/Diário de Santa Maria)

Jogo foi paralisado no começo do primeiro tempo. (Foto: Renan Mattos/Diário de Santa Maria)

Inter-SM e Farroupilha entraram em campo ontem à noite para uma verdadeira decisão pela Divisão de Acesso. Mas a forte chuva que caiu em Santa Maria não só alagou o gramado como também derrubou alguns refletores do estádio Presidente Vargas. Sem condições de dar prosseguimento à partida, o árbitro Dakimalo Gomes confirmou o adiamento da partida sexta-feira (5), às 11h.

A decisão desagradou aos dois clubes, que voltam a campo no domingo (7) pela penúltima rodada da competição e, portanto, não teriam o tempo mínimo de descanso entre um jogo e outro. Mesmo assim, o trio de arbitragem, em contato com o presidente da FGF Francisco Novelletto, confirmou a sequência da partida para a manhã desta sexta.

A chuva que começou a cair no início da tarde em Santa Maria, castigou o gramado do estádio Presidente Vargas. A partida, inclusive, começou com cinco minutos de atraso. Quando a bola rolou, as poças formadas no campo atrapalharam a vida dos 22 jogadores. Aos 17 minutos, logo após um chute perigoso de Thiaguinho, um dos refletores se apagou e o árbitro Dakimalo Gomes interrompeu a partida.

Além da falta de luz, a condição do gramado piorou muito devido à chuvarada. Tanto que as duas equipes e o trio de arbitragem retornaram para os vestiários. Em meio à paralisação, um dos refletores começou a dar sinal de vida. O problema é que pouco depois, em uma outra torre, um refletor se apagou. Aí a arbitragem apenas aguardou os 60 minutos protocolares para encerrar a partida.


Comentários


Diário Popular - Todos os direitos reservados